Menú

El Periódico Extremadura | Quarta-Feira, 14 de novembro de 2018

O Cacereño se desafia a sim mesmo para remontar e passar à final

Os verdes, otimistas, têm que superar o 1-0 do encontro de ida a favor do {Socuéllamos}

JOSÉ MARÍA ORTIZ deportes@extremadura.elperiodico.com CÁCERES
10/06/2018

 

O Cacereño tem uma missão esta tarde (18.30 horas) no Príncipe Felipe: remontar o 1-0 da ida com o que chega a seu favor do {Socuéllamos}. O prémio não é fútil: o passe à final das eliminatórias de promoção a Segunda Divisão B, categoria/escalão à que se pretende voltar dois anos depois de/após perder-la num desgraçado cruzamento perante o {Linares}.

Durante a semana foi uma constante, dentro e fuera da estrutura de clube: se pode conseguir. No {CPC} ‘acreditam’ no objetivo porque os visitantes somente têm um golo de rendimento e porque os locais contam a favor o calor de seu hobby/adeptos e a reminiscência ao segundo tempo realizado no {Paquito} {Giménez}, no qual os extremenhos foram melhores que os manchegos.

Desde dentro se tem apelado à coisa óbvia de que temos de arriscar para alcançar a objetivo/meta. Evidentemente tem que ser assim, se pensa no plantel e na próprio hobby/adeptos. Terá que ver se o treinador, {Ximo} Mas, se decide ao fim a jogar com extremos, mas pelos vistos nesta semana nos treinos parece evidente que se cumprirá pelo que todos {claman}: dar a titularidade a {Fran} {Viñuela} e até pode que a outro futebolista de grupo/ponta, David López. Com eles a equipa tem demonstrado mais profundidade.

A grande dúvida será ver se {Carlao} reaparece. O futebolista de Badajoz tem entrado definitivamente no grupo nesta semana e pode estar pronto/inteligente/esperto para sair. Sua experiência se espera fundamental neste encontro se é que se confirma seu regresso.

Será um encontro com prolegómenos {canteranos} (se apresentará aos mais pequenos), o que lhe dará mais colorido à bancada. Se espera que o jogo/partido seja presenciado por mais seguidores que o de faz um par de semanas perante o {Churra}, quando se rondaram os 2.000 seguidores. De {Socuéllamos} chegam dois autocarros e outro mais desde Aceituna, a localidade natal de {Kike} Domínguez, um dos extremos do quadro manchego. Ao todo, se esperam uns 300 adeptos do ‘{Socu}’.

A equipa verde se tem {conjurado} para culminar o êxito de eliminar a seu rival e voltar a sonhar com algo grande. Mas para isso deverá marcar, algo que ultimamente lhe subida, e muito.

As notícias mais...