Menú

El Periódico Extremadura | Quarta-Feira, 14 de novembro de 2018

O Cacereño aborda hoje o futuro de sua pedreira/formação

O clube reúne aos pais para falar da organização da base

REDACCIÓN
13/06/2018

 

Quase em estado de {shock} ainda pela eliminação da fase de promoção a Segunda B, o Cacereño abordará hoje o futuro de sua pedreira/formação numa reunião convocada desde na semana passada. Isso e a petição/pedido aos adeptos através das redes sociais para que escolham as duas equipamentos para a próxima época são os dois sintomas de futuro/esperança duma entidade acostumada a viver verões convulsos nos últimos anos.

Convulso pode ser também o assunto das categorias inferiores, até agora geridas pela Fundação Cacereño, entidade surgida em 2011 e que não aparece mencionada na convocatória que o clube enviou faz uma semana. O Cacereño convoca aos pais e mães da pedreira/formação às 20.00 horas no salão de atos de {CajaAlmendralejo} (Chalé dos Málaga), uma reunião que estará presidida por Luis Puebla, diretor desportivo do clube.

Três dias depois de/após acabar com o sono/sonho do promoção, a hobby/adeptos verde espera que o projeto da próxima época comece a andar o quanto antes. Luis Puebla assegurou em declarações a Canal Extremadura Rádio no fim do jogo/partido perante o {Socuéllamos} que ia a ficar no Cacereño. «O que não vamos a fazer é abandonar isto. Nosso projeto é de estar ou quatro ou cinco anos na liga profissional», acrescentou insistindo no argumento com o que aterrou no clube no passado mês de setembro. «A ideia é que {sigamos} todos [em referência a {IQ} Finanças], mas o que sim se posso dizer é que Luis Puebla vai seguir, agora mais que nunca».

Álvaro Lopez, de {IQ}, também insinuou através das redes sociais sua continuidade. «Esta {proxima} época {trabajaremos} em ordem/disposição. Escolhendo cada passo com um projeto de futuro. O {CPC} mesmo tem muito que dizer», escreveu.

As notícias mais...