Menú

El Periódico Extremadura | Terça-Feira, 26 de septembro de 2017

O cacerenho {Quini} Carrasco, feliz após proclamar-se vice-campeão de Espanha

O {paratriatleta} soma uma nova medalha no nacional de Valência

E. P. E. REDACCIÓN
12/09/2017

 

O extremenho mais destacado no nacional celebrado em Valência foi {Quni} Carrasco, da Associação Desportiva Triatlo {Ecosport} {Alcobendas}, se proclamou vice-campeão de Espanha de paratriatlo na categoria/escalão {PTS3} com uma marca duma hora, 20 minutos e 11 segundos.

O {triatleta} cacerenho completou os 1.500 metros do sector de natação num tempo de 18:34 minutos, o traçado de ciclismo (20 quilómetros) em 40:04 minutos e o percurso/percorrido da corrida/curso a pé em 19:34 minutos.

Na categoria/escalão elite o único extremenho que finalizou foi Daniel Seco, que cruzou a linha de objetivo/meta na 63º posição, 23º da categoria/escalão {sub}-23. {Mounir} {Beajoui} e Roberto Parra tiveram que abandonar por uma queda/redução no sector de ciclismo.

Na categoria/escalão de grupo de idade de 45 a 49 Pedro Escribano, do Arte Física, conseguiu um meritório {decimotercer} lugar com um registo de duas horas, 17 minutos e 25 segundos.

Manuel Agustín López, do Triatlo {Atleti}, cruzou a linha de objetivo/meta na trigésimo quarta posição, no grupo de idade de 50 a 54, com uma marca de duas horas, 46 minutos e oito segundos.

A única representação feminina da comunidade da Extremadura na prova foi Patricia Polo Díaz, do clube {X3M}, que conseguiu um grande quinto posto com um registo de duas horas, 34 minutos e 32 segundos.

As notícias mais...