Menú

El Periódico Extremadura | Domingo, 29 de março de 2020

Benzema espreme seu momento

O Madrid supera ao Athletic com três golos do avançado/ponta de lança gaulês, ainda em rajada

R. MORALES (EFE) deportes@extremadura.elperiodico.com MADRID
22/04/2019

 

O melhor Karim Benzema, respondendo com regularidade à cita/marcação/encontro com o golo e aproximando-se a seus melhores números, premiou com um {triplete} a melhoria de imagem do Real Madrid, que tomou a sério a visita de um Athletic Club (3-0).

Autor dos oito últimos golos {ligueros} do Real Madrid, numa marca inédita até à data, Benzema demonstra cada jogo/partido que é o único futebolista de peso da plantel/quadro que cumpriu um ano para o esqueço. Em rajada goleada. Marcando cinco partidos seguidos/continuados por segunda vez desde que chegou. Autêntico referente da equipa. {Enganchó} dois {testarazos} e fechou seu {triplete} após um erro do objetivo/meta {Herrerín}.

No primeiro ato conseguiu o Athletic anular ao Real Madrid graças a um sistema de ajudas perante os futebolistas de criação de Zidane. Obrigados a procurar centros desde os grupos facilmente {defendibles} pelos centrais do Athletic, {Herrerín} não recebeu nem um só/sozinho disparo. Mas se apalpava uma melhoria na atitude dos jogadores madrilistas. O duelo, clássico do futebol espanhol, o demandava. O início, repleto de faltas, era um sinal de intensidade.Se a primeira deixou um só/sozinho remate a porta, num {testarazo} macio de Raúl García, a segunda desatou uma boa imagem do Real Madrid com contínuas chegadas.

Ao enésima tentativa de {Asensio} desde a esquerda encontrou o prémio. {Yerai} não chegou e Íñigo não foi por cobrir suas costas. No meio apareceu o melhor {cabeceador} da Liga, Benzema, para não perdoar/desculpar num exercício de praticidade impressionante do gaulês.

Nunca se levantou do golpe o Athletic. Lhe faltou futebol e sobretudo fé para fazê-lo. O único momento de dúvida madrilista, quando o Athletic adiantou metros procurando um ponto, coincidiu com a saída ao campo de {Isco} e um {Bale} sentenciado. Outro erro no marcação de Íñigo o castigava com um nova cabeçada à rede após pontapé de canto e a sentença ao duelo (2-0). No fim, o 3-0 noutro erro visitante.

real madrid 3

{athletic} {bilbao} 0

3Goles: 1-0, m.47: Benzema. 2-0, m.76: Benzema. 3-0, m.91: Benzema.

3Árbitro: {Melero} López (colégio andaluza). Admoestou a {Kroos} (69) pelo Real Madrid; e a Córdoba (3), {Yuri} (15), Raúl García (44) e {Iñigo} {Martínez} (53) pelo Athletic.

3Estadio: Santiago Bernabéu.

3Espectadores: 59.150.

3Real Madrid: {Keylor} {Navas}; {Carvajal}, {Varane}, {Vallejo}, {Marcelo}; {Casemiro}, {Modric}, {Kroos} ({Isco}, m.69); Lucas Vázquez ({Bale}, m.69), Quadro {Asensio} ({Brahim}, m.84) e Benzema.

3Athletic: {Herrerín}; {Lejue}, {Yeray}, {Iñigo} {Martínez}, {Yuri}; {Beñat}, São José; {Muniain}, Raúl García ({Aduriz}, m.76), Córdoba ({Unai} López, m.76); e {Williams}.

As notícias mais...