Menú

El Periódico Extremadura | Domingo, 29 de março de 2020

O Barcelona, a um passo da final da Liga de Campeões

EFE MUNICH
22/04/2019

 

Um golo da francesa {Kheira} {Hamraoui} no segundo tempo deu ao Barcelona um triunfo de ouro perante o {Bayern} de {Múnich} (0-1), que se viu superado pela madurez das visitantes no jogo da primeira mão das meias-finais da Liga de Campeões. A equipa azul-vermelho controlou o jogo/partido até ao tanto/golo da jogadora francesa ({min}.63) e soube defender-se nos últimos {latidos} do mesmo, quando o {Bayern} procurou o empate com mais coração que jogo.

Um resultado magnífico para as catalãs, que somam sua décima vitória consecutiva e se situam a 90 minutos de disputar sua primeira final da Liga de Campeões. Mandou o Barcelona com a bola no primeiro tempo, algo que não preocupou ao conjunto/clube bávaro, consciente de que o jogo direto era seu melhor arma para pôr a prova a Sandra Paños. As locais protagonizaram as primeiras chegadas. {Rolfö} e {Damnjanovic}, seus principais argumentos ofensivos, avisaram com dois disparos que saíram desviados.

Tocava e tocava o Barcelona. O tanto/golo, no entanto, não chegava. O roçou {Vicky} {Losada}, que se {zafó} de sua marcadora com um finta precisa para colocar-se a bola na canhota e armar um disparo raso desde a frontal que topou, de novo, com a madeira. Foi a ocasião mais clara do Barcelona, que nos últimos dez minutos do primeiro tempo perdeu o controlo, algo que deu ar às alemãs, que também gozaram duma clara ocasião para abrir o marcador. Foi numa rápida transição que {Damnjanovic} não pôde culminar. Paños deu um passo adiante para rejeitar o disparo da dianteira sérvia.

SEGUNDA PARTE / Na reiniciação, o jogo do Barça foi mais profundo. Apareceu {Martens} na esquerda, que com dois jogadas individuais forçou uma cartão e um possível grande penalidade que a {colegiada} checa interpretou que não foi falta. Não {carburaba} a equipa alemã. {Damnjanovic} estava demasiada só na ponta de ataque e a habilidade de {Rolfö} não aparecia na zona de três quartos.

O Barcelona obteve o prémio à insistência no minuto 63. {Mariona} habilitou na ponta direita a {Hamraoui}. A médio francesa {caracoleó}, superou a sua defensora e com a destra cruzou a bola à direita.

As notícias mais...