Menú

El Periódico Extremadura | Sábado, 18 de agosto de 2018

De as lágrimas de {Zarfino} às louvores de Juan Sabas


10/06/2018

 

«Não posso falar, não posso falar». O protagonista indiscutível do jogo/partido, o {bigoleador} do Extremadura {Gio} {Zarfino}, se expressava assim perante os microfones de {Radiogolex}. E o fazia chorando, comovido, {acordándose} da sua família em Uruguai, de seu tio José e de seu «sobrinho pequeno». A equipa azul-vermelho celebrou em grande a gesta, indo-se ao fundo sul do bancada de {Anduva}, onde se encontrabam os 350 adeptos azul-vermelho. Outro que quebrou a chorar foi Aitor Fernández, que prometeu deixar ao Extremadura em Segunda «antes de fechar minha corrida/curso». Do que expressou Juan Sabas, treinador azul-vermelho, o mais significativo foi que fez finca-pé na maneira de jogar de seu plantel/elenco, «num dos nossos partidos mais inteligentes».

Também sublinhou que Almendralejo se tem ganho o direito a seguir/continuar sonhando. «Este hobby/adeptos não a têm a maioria dos clubes de Segunda B». Esta tarde se saberá o rival, que sairá destes cinco equipas: Cartagena, {Villarreal} B, Sporting B, {Elche} ou Fuenlabrada.

As notícias mais...