+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

O Arroyo paga caro sua longa viagem e cai em Gijón perante o {Covadonga} (3-1)

A equipa de Adolfo Gómez, frouxo a domicílio

 

{Isabela} {Quiuqui}, máxima anotadora do Arroyo. - {NINA} {BAÑEGIL}

REDACCIÓN CÁCERES
07/12/2019

O Extremadura Arroyo evidenciou na jornada de amanhã no Pavilhão {Braulio} García de Gijón que não termina de {carburar} fora de seu feudo, e cedeu uma nova derrota, neste caso por 3-1 (25-11, 18-25, 25-13 e 25-18), perante o {RGC} {Covadonga}, que lhe afasta dos postos de privilégio da tábua classificadora

No bando asturiano brilhou, uma jornada mais, a ponta {receptora} {Míriam} {Diéguez} (28 pontos), bem apoiada por Paula Lorenzana (11) e Marina Rubiera (8).

No conjunto/clube extremenho foi a central {Isabela} {Quiuqui} sua principal referente anotadora (14), à frente de {Luana} Silva (11) e Isa Espino (10).

O quadro que treina Adolfo Gómez saltou à campo/pista {gijonesa} com o cansaço acumulado do longa viagem (o jogo/partido se jogou às doze do meio-dia e a equipa viajou de madrugada) e o pagou evidentemente com o severo corretivo que lhe {endosó} a esquadra asturiana (25-11).

A formação cacerenha reagiu no segundo set, e com uma boa distribuição de jogo de {Beatrix} {Meléndez}-{Pál} e a fantasiosa receção de {Bea} Gómez (92 por cento de medida certa), foi capaz de igualar o encontro (18-25).

DE MAIS A MENOS / No terceiro jogo, depois de/após um promissor arranque (1-7), a esquadra de Arroyo se colapsou e permitiu um parcial de 13-1 (14-8), do qual não foi capaz de recuperar-se (25-13).

Na quarta manga continuou o nível de desacerto das jovens jogadoras cacerenhas, bem como de {Luana} Silva, muito desafortunada em trabalhos ofendidas (25-18).

A próxima jornada, o Extremadura Arroyo receberá em seu campo/pista a visita do CV {Torrelavega}, perante o que espera dar um melhor nível do qual deu ontem. Sendo em seu campo/pista, é evidente que assim pode acontecer. O quadro de Adolfo Gómez quer redimir-se desta maneira de um mau encontro fora de casa.