Menú

El Periódico Extremadura | Quinta-Feira, 2 de abril de 2020

9 medalhas extremenhas na nacional master

E. P. E.
10/03/2020

 

O atletismo extremenho se tem pendurado nove medalhas em ao XXXI Campeonato de Espanha Master em pista coberta disputado o passado fim-de-semana em {Antequera}. Dois dessas {preseas} foram de Orellana / Orelhana, uma para Miguel Periáñez ({Capex}) em 3.000 metros marcha em categoria/escalão {M55} e a outra de Marta Carballo ({CEA} Tenerife) em peso {F35}. Cinco foram de prata para Juan Palma (Atletismo {Mitreo}) em tripla saltadora {M55}, Leonardo Toro ({Capex}) em 3.000 metros marcha {M50}, {Macarena} {Uriol} ({Capex}) em 3.000 marcha {F55} e dois segundos postos conseguiu Conchi Hidalgo ({CEA} Tenerife) em 3.000 e 1.500 metros {F35}. Por últimos, duas das medalhas com cor extremenhos foram de bronze, uma para Iván Muñoz ({Atlétismo} Plasencia) em 400 metros {M35} e Francisco Parra ({Capex}) em 3.000 metros obstáculos {M40}.

Outros nove atletas extremenhos estiveram neste nacional master. Do clube Arte Físico foi Miguel Alcón, que na final B de 400 metros {M40} acabou segundo. Do Atletismo Almendralejo têm competido Diego Lara, oitavo em 1.500 {M50} e nono em 3.000; Claudio Velando, sexto em 3.000 metros marcha {M55}; e María Elena Moruno, {F45} que foi quarta em 60 e 400 metros e quinta em 200.

Da Escola de Atletismo de Plasencia estiveram José María Rosado, quinto em 1.500 {M60}; Javier Barragán, décimo terceiro em 3.000 {M35}; e {Óscar} Fernández, décimo oitavo, também em 3.000, embora na categoria/escalão {M40}. Do {Atlétismo} {Mitreo} de Mérida, Miguel A. Contador, um {M60} que acabou oitavo em 3.000 metros. Por último, do {Capex} esteve Laura {Randos}, da categoria/escalão {F40}, que dobrou com {sendos} sextos postos nas provas de 1.500 e 3.000 metros.

As notícias mais...