Menú

El Periódico Extremadura | Domingo, 17 de novembro de 2019

‘O Basco’ acredita no extremenho

O {llerenense} Carlos Martínez exercerá como treinador ajudante do mexicano Javier Aguirre, novo máximo responsável do {Leganés}. Já foi ‘segundo’ e preparador físico com Luis Cembranos

E. P. E.
08/11/2019

 

Seguirá/continuará tendo um extremenho num corpo treinador de Primeira Divisão. O {llerenense} Carlos Martínez continuará no do {Leganés} apesar do mudança de treinador, já que Javier Aguirre, o novo máximo responsável da equipa, tem confiado nele para trabalhamos/trabalhámos {estrechamente} na busca da salvação/manutenção da equipa.

Não estava tão claro que fosse a ser assim. Martínez exerceu como segundo treinador e preparador físico na breve etapa de Luis Cembranos no plantel/elenco madrileno, que não conseguiu levantar a cabeça na classificação e contratou a Aguirre.

Como conhecido como ‘o Basco’, o mexicano é um ‘{mister}’ com um grande percurso/percorrido profissional, desde a seleção de seu país de nascimento ao Atlético de Madrid, {Osasuna}, {Espanyol} e Zaragoza em Espanha. A seus 60 anos tem um desafio importante, já que o {Leganés} é último com só/sozinho 5 pontos depois de/após 12 partidos e está a 6 da zona segura.

Martínez terá a oportunidade de aprender dele desde um posto intermédio que o {Leganés} definiu como «treinador assistente». O segundo treinador será Toni Amor, exmáximo responsável do Ibiza, enquanto de preparador físico exercerá {Pol} {Lorente}.

Não lhe falta mundo ao {llerenense}, amigo do campeão de Europa de 20 quilómetros marcha, Álvaro Martín. Tem treinado em {Arabia} Saudita e China depois de/após uma modesta trajetória como futebolista que se iniciou em sua localidade natal.

Há outro extremenho no plantel/elenco: o guarda-redes emeritense ‘{Pichu}’ {Cuéllar}, que cumpre sua terceira campanha na entidade azul e branco. Aguirre lhe conhece bem: em seu dia lhe deu alguma oportunidade no Atlético (época 2006-2007). «O ‘{Pichu}’ com o que falei ontem cara a cara não é o mesmo que o de faz dez anos», explicou o treinador em sua apresentação. O mais provável é que continue como titular, tal como aconteceu com o antecessor de Luis Cembranos, {Mauricio} {Pelegrino}, e a época passada com {Asier} {Garitano}.

As notícias mais...