Menú

El Periódico Extremadura | Sexta-Feira, 22 de junho de 2018

Voltam as {brazadas} à piscina da Cidade Desportiva

CARMEN HERNÁNDEZ MANCHA
13/01/2018

 

Las seis ruas da piscina coberta da Cidade desportiva de Cáceres já funcionam com normalidade, após finalizar as obras que começaram no passado 21 de Agosto. Com um investimento de 192.390, foi «a obra insígnia até ao momento», em palavras da diretora-geral de Desportos, Conchi Bellorín, que se tem realizado no recinto da Cidade Desportiva.

Concretamente, se tem atuado em três serviços, por um lado, as caldeiras do aquecimento e aquecimento da água passaram de combustível a gás natural, à mesma vez que funcionam com um sistema de cascata, o que permite que «dependendo do serviço que se necessite, se ative uma, dois ou as três, sempre para dar-lhe a melhor qualidade ao usuário», tem detalhado Conchi Bellorín.

Também se tem substituído a climatizadora e o muro cortina, a zona de cristaleira que permite o passo da luz e que datava de 1989. Por esta instalação se perdia muito calor e se tem substituído por

Segundo a diretora-geral de Desportos, «o objetivo desta grande obra é, sobretudo, reduzir as emissões contaminadas em nossa comunidade e em nossas próprias instalações» porque «o sistema estava muito obsoleto e tinha um défice de eficiência energética».

Por outro lado, a diretora-geral tem anunciado que em finais de neste mês se licitará a obra da nova instalação da cafetaria da piscina de verão da Cidade Desportiva, que leva fechada dois épocas. Esta obra terá um orçamento na base de licitação de 125.768 euros e consistirá em «mudar a localização da cafetaria de verão», à que «se lhe vai a dar um dobro serviço, tanto/golo aos usuários da piscina, como aos da Cidade Desportiva», já que, anteriormente, estes não tinham acesso à zona de restauração, como tem detalhado Conchi Bellorín.

As notícias mais...