Menú

El Periódico Extremadura | Domingo, 24 de junho de 2018

Um olhar à pintura realista de Vitória Rumo


09/06/2018

 

La sede de {Cajalmendralejo} no {Chalé} dos Málaga acolhe durante neste mês a exposição de Vitória Rumo (Casar de Cáceres, 1958). La exposição ‘Um olhar pessoal’ mostra uma dobro vertente entre poesia e pintura e aglutina quase uma vintena de peças acompanhadas dos versos de Pilar Fernández e seu ‘poesia mínima’. Discípula de Juanjo Narbón, Rumo relata a este diário/jornal que sua obra digressão em torno do realismo. «Tentativa aproximar-me imagens rurais e natureza, na mostra há diversidade, desde a força da vida no montado até ao cor duma pôr-do-sol ou a passagem do tempo refletido em velhas paredes {encaladas}, a beleza da {decadadencia}, com pátios e paredes de outros tempos», destaca.

La artista exerce como professora rural e reside agora em Cáceres. Anota que é «um luxo» expor na sala cacerenha e destaca o contributo literária de Pilar. «Quando eu preparava minha primeira exposição tratava de procurar sentido aos títulos dos quadros, se o propus a Pilar e dissemos porque é que não». La mostra conta com peças duma coleção que já expôs na casa de Cultura de Malpartida de Cáceres e três novas peças, sempre com uma orientação clara até a representação da realidade, embora sempre sem chegar ao hiperrealismo.

La exposição se inaugurou esta quarta-feira e se pode visitar quinta-feira, sexta-feira e sábado de 20.30 a 22.00 horas --salvo o 15 e 16 de Junho devido a que o espaço acolherá o curso do fotógrafo Eduardo Momeñe--. La entrada é livre.

As notícias mais...