Menú

El Periódico Extremadura | Segunda-Feira, 17 de fevereiro de 2020

Um casting para viajar ao passado

Dezenas de cacerenhos participam na audição para ser figurantes em ‘{Inés} do alma minha’ e hoje terá outra prova no teatro municipal de Trujillo H A produção espanhola e chilena filmará as sequências em setembro e se emitirá em Amazon Prime

G. G. epextremadura@elperiodico.com CÁCERES
12/07/2019

 

Por um dia são companheiros de casting embora já se conhecem de antes. Marta e Manuel brincam com a {eme} de seus nomes, apenas estão nervosos. Estão acostumados a submeter-se ao juízo das câmaras embora insistem em que esta é a primeira vez que assistem a uma audição presencial. Nas anteriores bastou com um formulário web. Os cacerenhos enumeram uma enfiada de produções nas que foram atores por um dia: o filme de Graça {Querejeta} Invisíveis ou a série A catedral do mar sem ir mais longe. Asseguram que é «um hobby/adeptos» embora insistem em que tanto/golo rodagem tem despertado sua paixão pelo cinema e agora preparam já sua própria curta-metragem.

Entre os requisitos, nada de tatuagens visíveis, nem mechas ou corantes. Também não {piercings}, nem dilatações nem penteados modernos nem {rapados}. Ainda não se sabe se superaram as provas o que sim se é certo é que ambos fizeram parte do séquito de cacerenhos que fizeram cauda nas escadas face à Escola de Arte Dramática para viajar ao passado e aspirar a ser extra de {Inés} do alma minha, a última produção que tem anunciado que filmará na capital. Como Marta e Manuel, dezenas de candidatos/candidatas, bebés e adultos, mostraram suas habilidades para ser selecionados e fazer parte do elenco da série {ambientada} no ano 1500 e baseada no romance de Isabel Allende que narra a vida de {Inés} de Suárez, uma extremenha que fez parte da expedição de Pedro de Valdivia em Chile. Precisamente, {Allende} está envolvida no projeto da adaptação do seu romance e Alejandro Bazzano, da reconhecida A casa de papel, será um dos encarregados de dirigir a série.

Hoy terá lugar uma prova similar no teatro municipal de Trujillo, outra das localizações onde se filmarão várias sequências. Andaluzia, Chile e Peru também figuram entre os decorados nos que se gravará. Está previsto que a rodagem arranque a começos de setembro. Tal como se fez público aos meios, trata-se de uma coprodução espanhola e chilena entre RTVE, {Boomerang} TV e {Chilevisión}, terá oito capítulos e se estreará nas televisões de ambos países em aberto, mais tarde estará disponível em exclusiva em Amazon Prime Vídeo em Espanha, Estados Unidos e em toda América latina salvo Chile. Durante a rodagem, a Extremadura {Film} {Commission} acompanharão ao plantel/elenco da série em todo o processo de preprodução e «facilitará informação sobre/em relação a empresas, recursos técnicos e humanos disponíveis».

Cabe {recordar} que faz uma semana outra coprodução filmou no centro histórico várias sequências de Hernán, uma série também {ambientada} no 1500 que recolherá a vida do conquistador Hernán Cortés e estará protagonizada pelo ator {Óscar} {Jaenada}.

As notícias mais...