Menú

El Periódico Extremadura | Segunda-Feira, 17 de fevereiro de 2020

Retirarão o escudo do prédio sindical


06/11/2019

 

Luz verde à retirada do escudo franquista do prédio sindical. Segundo recolhe a agência Efe o vereador de Urbanismo e Património de Cáceres, José Ramón Bello, manifestou que «em breve» outorgarar-se-á a licença de obra para a retirada do escudo com o yugo e a flecha que se encontra na fachada do imóvel da avenida Primo de Ribeiro. O prédio, construído em 1960, foi sede da organização sindical do franquismo e do Ministério de Trabalho, e é património da Administração Geral do Estado.

Atualmente está cedido aos sindicatos e à Federación Empresarial Cacereña. A Delegação do Governo tem contratado a uma empresa para sua retirada, mas um obstáculo treinador tem atrasado a licença de obra, embora «sempre houve vontade política de tramitá-la». «Agora o temos desbloqueado», anotou.

O imóvel encontra-se catalogado como bem protegido no Plano Diretor Municipal (PGM), pelo que rege um nível de proteção estrutural que limita as ações a remodelações pontuais. Em 2015, o advogado madrileno Eduardo Ranz registou na Câmara Municipal um escrito/documento no qual solicitava a eliminação deste símbolo, em virtude do cumprimento do artigo 15 da Lei de Memória Histórica.

As notícias mais...