Menú

El Periódico Extremadura | Quinta-Feira, 23 de novembro de 2017

A {morenita} de {Caleros}

Cáceres tem recuperado sua procissão da Virgem de Guadalupe, que ontem saiu de Santiago e percorreu a rua {Caleros} até à ermida do Vaqueiro

REDACCIÓN
09/09/2017

 

A {Morenita} também recebe culto em Cáceres cada 8 de setembro. A imagem voltou a sair o ano passado em procissão depois de/após três lustros sem fazê-lo, dentro do programa de atos organizado pela Associação Nossa Senhora de Guadalupe do Vaqueiro, um coletivo de raízes centenárias que também voltou a pôr-se em marcha. A talha permanece todo o ano na ermida levantada na rua {Caleros} sobre/em relação a o solar no qual, ao que parece, encontrava-se a casa do pastor cacerenho ({Gil} {Cordero}) que descobriu à Virgem de Guadalupe em Las Villuercas. Desde ali, e por ocasião do novena, foi transfere na quarta-feira passada até ao templo de Santiago, onde ontem se iniciou a procissão de regresso por ocasião do dia da patrona extremenha.

Após a eucaristia matinal de ontem, ilustrada {musicalmente} pelo Grupo Folclórico {Aliso}, partiu o cortejo com o passo acompanhado pela Agrupamento Musical Nossa Senhora da Misericórdia. Percorreu a praceta de Santiago e a popular rua {Caleros}, fechando assim nove dias de cultos, oferendas florais, atos solidários e até degustação de doces típicos.

Também ontem, a igreja de Nossa Senhora de Guadalupe celebrou a festividade de 8 de setembro com eucaristia, danças regionais e sopa com tomate nos salas paroquiais.

As notícias mais...