Menú

El Periódico Extremadura | Segunda-Feira, 10 de dezembro de 2018

Luzia {Bosé} inunda Cáceres com seu ‘{Piatti}’


10/03/2018

 

La atriz italiana, mãe duma dinastia de artistas, como o cantor Miguel Bosé e a atriz {Paola} {Dominguín}, assistiu ontem à inauguração de ‘{Piatti}’, uma mostra no Palácio da Ilha e à que se somaram, entre outros, a presidenta da Câmara Municipal, Elena Nevado, a comissária da mostra, Rosa Perales, ou o escultor Miguel Sansón.

Através de mais de cinquenta pratinhos elaborados sobre/em relação a um suporte de madeira lacada nos quais tem pintado e posto enfeites, Luzia Bosé conforma uma singular e surpreendente exposição na qual predominam as esculturas romanas. Esta mostra é, além disso, uma cadeia de homenagens, a seu Itália natal e também a sua profissão de atriz na qual aparecem outras grandes divas como {Marilyn} {Monroe}, {Greta} Garbo, {Marlene} {Dietrich}, María Callas, Lola Flores ou Sara Montiel. O personagem central é a pintora {Frida} {Kalho}, em quem Luzia Bosé se tem inspirado e por quem sempre tem sentido fascinação. La mostra é tudo uma homenagem às mulheres e a sua rebeldia.

Seu gosto pela elaboração e design de pratos começou em 2006. Ao início os desenhava para seus parentes até que logo decidiu dar o salto a expô-los. Residente num povo/vila de Segovia, no ano 2000, Luzia Bosé decidiu fazer realidade um sono/sonho de sua juventude, abrir o primeiro Museu dos Anjos do mundo, dedicado a suas diferentes representações e que valeta com mais de oitenta obras de artistas contemporâneos procedentes de diversos {pasíses}, bem como diversas esculturas do mais angelicais.

As notícias mais...