+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Falece José Caso, membro da Grupo/ponta Municipal de Cáceres

«É uma grande perda para a música», lamenta a vereadora de Cultura

 

O músico José Caso. -

REDACCIÓN
17/01/2020

A vereadora de Cultura do Ayuntamiento de Cáceres, {Fernanda} Valdés, mostrou esta quinta-feira suas condolências pelo falecimento, no dia de ontem, de José Caso Molano, «se calhar o músico mais veterano da cidade que se conservava em ativo, e que durante mais de 60 anos foi membro da Grupo/ponta Municipal de Cáceres, na qual entrou à idade de 14 anos».

Pepe, como era conhecido por quantos lhe conheceram «foi um homem da música em Cáceres, anónimo mas constante numa atividade artística que nunca abandonou», disse Valdés.Tocava a flauta transversal que lhe acompanhou até seus últimos dias, já que o último concerto no qual participou foi o Concerto de Natal do passado mês de Dezembro que a Grupo/ponta Municipal ofereceu na sala da rua {Clavellinas}, com lotação completa.

Para a cultura local, especialmente para os amantes da música, «o falecimento de Pepe é uma grande perda», manifestou a vereadora. «Sempre viveu de seu estreitamente, a música foi sua grande paixão ao longo/comprido de sua vida. Educado, amável, cumpridor com seus compromissos musicais, minucioso em seu estreitamente e pulcro em todas as facetas de sua vida», acrescentou. Por isso, a Pelouro de Cultura dá seu «mais sentido pêsame», tanto/golo a sua família como aos seus companheiros da Grupo/ponta Municipal. «Com isso queremos destacar a figura de Pepe Caso e de todos aqueles artistas que desde/a partir de o anonimato e o bom fazer estiveram presentes na vida cultural cacerenha durante grande parte de sua vida», conclui a vereadora.