Menú

El Periódico Extremadura | Sábado, 15 de dezembro de 2018

Una avaria deixa sem água várias horas aos vizinhos/moradores de Diego María Crehuet

Canal substituiu a peça quebrada e o serviço se reiniciou à volta de as 13.45 horas. O incidente obrigou a desviar o trânsito por {Hernando} de {Soto} durante a manhã

REDACCIÓN
11/01/2018

 

A rotura/quebra duma tubagem deixou ontem sem água aos vizinhos/moradores de Diego María Crehuet durante várias horas. A incidência se produziu de madrugada de terça-feira a quarta-feira e afetou os residentes e aos estabelecimentos do cruzamento que coneta a rua com a praça/vaga Castanha. Canal de Isabel II, responsável de gerir do fornecimento de água na cidade, recebeu o aviso da avaria às 02.45 horas e à primeira hora da manhã os operários da empresa já trabalhavam para restabelecer o serviço.

As tarefas para restabelecer o serviço se prolongaram durante toda a amanhã. Para isso, cortaram o fornecimento no troço afetado e para localizar o cano de esgoto, descobriram o asfalto com uma retroescavadora. Substituíram a acometida danificada por outra de um material mais resistente: de fundição dúctil.

A estreiteza do cruzamento entre ruas obrigou a cortar/fechar o acesso de carros até Diego María Crehuet e a desviar aos veículos pela rua {Hernando} de {Soto} até que se resolveu a incidência. Segundo põe a manifesto numa nota Canal de Isabel II, os trabalhadores iniciaram as tarefas para reparar a avaria às 8.30 horas e a à volta de as 13.45 horas o serviço já estava restabelecido. O acesso ao trânsito até a rua também se reiniciou até essa hora. Entre as razões que motivaram a rotura/quebra, Canal aponta que esteve provocada pela antiguidade da acometida e pelo mudança de pressão que se produz durante a noite.

Cabe {recordar} que não é a primeira incidência que se produz na zona e na cidade pelas mesmas características. A descida das temperaturas e a antiguidade da rede de fornecimento de água tem provocado que a cidade registe multiplos percalços de similares características. O último afetou aos residentes de Aldea Moret. Em Dezembro e coincidindo com uma semana de baixas temperaturas, os vizinhos/moradores passaram mais de doze horas sem água devido à rotura/quebra duma acometida que afetou ao fornecimento de cinco ruas do bairro.

As notícias mais...