Menú

El Periódico Extremadura | Domingo, 24 de junho de 2018

A assembleia provincial aprova a despesa de 14 milhões de remanescentes

O PP critica que os investimentos favorecem os municípios socialistas

REDACCIÓN CÁCERES
10/03/2018

 

La Diputación de Cáceres aprobó ayer en un pleno extraordinario el gasto de 14.030.833 euros de remanentes de 2017 en infraestructuras y planes de desarrollo en los pueblos de la provincia. Entre as verbas/partidas aprovadas, destacam os 5.498.152 euros para estradas, que saiu adiante com os votos em solitário do grupo socialista. Entre outras obras, prevê-se arranjar o acesso da N-630 desde Casas de Millán ou a estrada de Logrosán a Berzocana.

O porta-voz do grupo popular na Diputación de Cáceres, Alfredo Aguilera, explicou que tinham votado contra desta verba/partida «porque se incorporam quatro milhões para investimentos novos e, no entanto, uma que já vem desde há tempo que é a de Coria», de mais de 900.000 euros, «a têm retirado». Esta medida se tem tomado, no entender de Aguilera, «exclusivamente porque em Coria governa o Partido Popular, porque dinheiro há», assegura. «Somente o 6% das investimentos rodoviários vão a povos/povoações onde governa o PP», acrescenta Aguilera.

As notícias mais...