+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

As tendas de feira

 

ANTONIO Sánchez Buenadicha
23/02/2020

A Câmara Municipal mudou o caderno de encargos para adjudicar as tendas da feira de Cáceres. As mudanças se fazem quando as coisas vão mau e se pretende melhorá-las, aqui vai a acontecer bem pelo contrário porque não tinha nenhum problema e as queixas, se as tinha, não estavam dirigidas ao dever dos concessionários.

As tendas começaram a instalar-se, como nos lugares dos que se copiaram, mercê ao esforço e o contributo dos clubes recriativos ({Cabezarrubia} e O Azinhal), algumas associações (Casa de Andaluzia, o Rufo, o Ateneu, Clube Taurino...) e partidos políticos, quando o da feira estava nos {Fratres}. Logo aumentaram no atual recinto apesar do lama e o pó que reinavam no lugar. Graças à assistência dos sócios e acompanhantes foi consolidando. Agora não se sabe porque é que as tiram a leilão e com a condição de que não se podem transferir. ¿Terá alguma associação, partido político ou casa regional que esteja qualificada para gerir um tenda e servir com qualidade? E se não há associações com tendas, ¿irão os sócios a alguma na feira de dia ou mesmo na de noite?

Me {temo} que com esta mudança perdem todos, incluídos os hoteleiros. A parte deste associação interessada em participar na leilão já lhe tem visto as orelhas ao lobo e pretendem assinar um pacto para que se respeitem os lugares nos que estiveram anos atrás. Isto é, não teria um leilão livre pois de ter-la daria lugar a que os preços das tendas da chamada rua principal subissem muito ao ser as mais demandadas. Por outro lado, pudesse ser que hoteleiros de fora {acudieran} à leilão e, como não fariam parte do pacto, seria possível que lhes deixassem sem tendas em dita rua ou mesmo fuera da feira.

O que está claro é que com a {potenciación} da feira de dia no centro da cidade já começou o declive do recinto da feira, e com esta medida é possível que as tendas passem a ser tendas de taças exclusivamente. E daí à extinção somente há um {pasito}.