Menú

El Periódico Extremadura | Segunda-Feira, 25 de junho de 2018

719 gestos pelos pacientes renais

A Corrida/curso Verde Solidária de Iberdrola a favor de {Alcer} arrecada mais de 4.750 euros para os dois coletivos de Cáceres e Badajoz. Todas as provas se disputaram ontem no Parque do Príncipe num ambiente feriado e com um largo público familiar

REDACCIÓN
12/03/2018

 

Dos provas de 5 ou 10 quilómetros para os adultos e corridas/cursos desde 50 metros para os mais pequenos. La possibilidade de disputar o melhor crono ou só/sozinho completar o percurso/percorrido. Desporto para todos no impossível de melhorar ambiente do Parque do Príncipe, com um único fim: contribuir ao trabalho que a Associação de Luta Contra as Doenças Renais ({Alcer}) desenvolve em Cáceres e Badajoz para consciencializar sobre/em relação a esta patologia e sobre/em relação a a importância da doação de órgãos.

Um total de 719 pessoas participaram ontem na Corrida/curso Verde Solidária organizada por Iberdrola e, graças a suas contribuições por dorsal, (8 euros os adultos e 3 os meninos) se arrecadaram 4.752 euros que se entregaram no fim a {Alcer}.

«La corrida/curso foi fantástica com muitas pessoas que se tem {acercado} mesmo para inscrever-se hoje (por ontem); a organização, tremenda; o trabalho dos voluntários, impagável e o dia, o melhor possível», valorizou o presidente de {Alcer} Cáceres, José Antonio Sánchez. O coletivo de Badajoz se {pronució} também através das redes sociais: «os pacientes renais {quedamos} profundamente agradecidos. La III Corrida/curso Verde foi um êxito», escreveram.

Quanto à competição, na prova de 10 quilómetros se impôs David Tovar Fernández com um tempo de 36,34 minutos em categoria/escalão masculina; e em feminina, Montanha Martín de la Montaña (49,07). Na prova de 5 quilómetros, o vencedor foi David Piris Padero, do clube Atletismo Valencia de Alcántara (18,33 minutos); e em categoria/escalão feminina, a primeira em cruzar a objetivo/meta foi María Luisa Ramos González, do clube Atletismo Trujillo, 23,58 minutos.

As notícias mais...