Menú

El Periódico Extremadura | Quinta-Feira, 18 de janeiro de 2018

El ‘apocalipse’ teatral de {Berzosax}, ao Gran Teatro


11/01/2018

 

«Na era onde o ser humano conseguiu quase tudo, a terra já não aguenta mais. El aquecimento global, as secas, os furacões, as trovoadas, as inundações, centenas de catástrofes {asolan} o planeta. Quando tudo se acredita que está perdido uns poucos músicos desde um teatro conseguirão fazer que isto mude». É o fim do mundo e a música é a única salvação/manutenção. A esta sorte de ‘apocalipse’ pretende enfrentar-se {Berzosax}, o grupo de amigos do conservatório, que após dez anos sobre/em relação a as tábuas apresenta seu novo trabalho, esta vez, orientado ao teatro.

O grupo formada por {Derek} Mc {Ardle}, {Juanlu} González, Dani San Pablo ‘{Pits}’, Pedro Caballero e Jorge Vicent misturará em ‘Os últimos músicos da terra’ teatro, música e {clown} num montagem dirigida por Francis Quirós. Assim o detalharam ontem na apresentação à que assistiram a diretora do Centro de Música e as Artes Cénicas ({Cemart}), Toni Álvarez, e a diretora do Gran Teatro, Silvia González.

Após seis meses de ensaio na Nave do Duende, os músicos farão um primeiro passe esta sexta-feira no Gran Teatro às 21.00 horas. As entradas já estão à venda na bilheteira do Gran Teatro ou na site ao preço de oito euros. Para arrecadar fundos neste novo projeto, {Berzosax} abriu faz uns meses uma campanha de {crowdfunding} em {Verkami} com a que tem arrecadado à volta de 800 euros -dos 3.500 euros- que pediam. O arrecadado irá destinado a custear as despesas de produção do montagem.

As notícias mais...