Menú

El Periódico Extremadura | Quinta-Feira, 18 de janeiro de 2018

Universitários promovem uma campanha contra a malária

EFE BADAJOZ
09/01/2018

 

Os alunos da Residência Universitária Hernán Cortés de Badajoz têm promovido a campanha {Stop} malária: salvar 5.000 vidas, parar lutar contra uma doença que mata a um menino cada 30 segundos. Com esta iniciativa, os residentes do centro pretendem salvar a vida de 5.000 meninos doentes de malária leve ou inicial, mediante diferentes atividades de todo o tipo que permitam obter o dinheiro necessário para cobrir a campanha. A iniciativa tem calculado, de acordo com as cifras proporcionadas por Médicos Sem Fronteiras, que o custo é de 3 a 4 euros por menino, pelo que se deseja atender e curar de 4.000 a 5.000 meninos com o dinheiro arrecadado.

As atividades previstas são a venda de pulseiras, a organização de rifas e sorteios, atuações teatrais, petições/pedidos de participação económica voluntária dos residentes ou uma corrida/curso popular contra esta doença.

As notícias mais...