+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

El TSJEx {desetima} o recurso do condenado pelo crime do Cerro

La defesa recorrerá perante o Tribunal Supremo a sentença

 

F. LEÓN BADAJOZ
09/06/2020

La Sala do Civil e o Penal do Tribunal Superior de Justicia de Extremadura (TSJEx) rejeitou o recurso que apresentou Luis Francisco Rodríguez Tinoco, um dos dois condenados pelo chamado crime de Cerro de Reyes, juntamente com Quadro Antonio Morán Silva, encontrados culpados do delito de assassinato como {coautores} da morte de Eugenio González Reyes, o 2 de Abril de 2017, pelo júri que os julgou na Audiência de Badajoz, que conforme ao veredito do tribunal popular lhes impôs 16 anos ao primeiro e 8 ao segundo, ao apreciar em este as atenuantes de confissão, reparação do dano e estado de necessidade. Assim consta na sentença feita pública ontem.

El recurso que apresentou José Duarte, advogado da defesa do recorrente, solicitava a absolvição de seu patrocinado, ou se não, a anulação da sentença e a repetição do juízo com um júri novo, ao considerar que se vulneraram os preceitos constituições do direito à presunção de inocência e de um juízo com todas as garantias processuais.

Agora o TSJEx rejeita dito recurso e confirma o erro do presidente do Tribunal do Júri, impondo as costas ao recorrente, e esclarecendo que cabe apresentar recurso de cassação perante o Tribunal Supremo, bem como informa da possibilidade de solicitar esclarecimento relativamente a esta sentença. El letrado José Duarte já anunciou que recorreria se o erro não era favorável.