Menú

El Periódico Extremadura | Domingo, 20 de maio de 2018

Suerte de Saavedra urge que se atue contra a praga de lagartas

Os vizinhos/moradores dizem que sua presença se tem multiplicado «por dez» num ano. Pelo menos há dois cães afetados, segundo as notas informativas dos veterinários

EFE badajoz@extremadura.elperiodico.com BADAJOZ
13/02/2018

 

A associação de vizinhos/moradores de e o Processo Comunitário de Suerte de Saavedra apresentarão escritos/documentos à Junta de Extremadura e à Câmara Municipal de Badajoz para denunciar a praga de lagartas que existe no bairro e urgir que se tomem medidas para erradicá-la. O presidente do coletivo de vizinhos, Fernando Gonçalves, reconheceu a «preocupação» dos residentes diante da proliferação deste tipo de animais em terrenos e zonas verdes e advertiu de que esta situação pode implicar um problema de «saúde pública», pois, segundo assegurou, sua presença se tem multiplicado «por dez» em relação ao ano passado.

De facto, segundo alertam os vizinhos/moradores, a praga de lagartas já tem afetado a alguns animais, pelo que nos escritos/documentos que se apresente se juntarão relatórios veterinários sobre/em relação a dois cães, nos que os profissionais testemunham que existe uma população de {procesionarias} nos perímetros da avenida Antonio Hernández Gil, lagartas que supõem um «grande risco» para a saúde das animais de estimação, que de não tratar-se pode ser mortal.

Além disso, segundo Gonçalves, estas lagartas poderiam provocar também problemas para os humanos em primavera, como urticária aos meninos que joguem por estas zonas.

O presidente da associação de vizinhos/moradores recordou que no passado ano já denunciaram outra praga de lagartas e que tiveram que esperar até Maio para que se erradicasse.

Os membros do Processo {ceso} Comunitário do bairro (no qual há representantes de vizinhos, do centro de saúde e da escola, entre outros) abordarão este assunto numa reunião. Segundo Gonçalves, o problema vem derivado, entre outras causas, da «falta de manutenção» municipal do bairro.

As notícias mais...