Menú

El Periódico Extremadura | Sábado, 17 de novembro de 2018

A polícia resgata a um bebé ao que os seus pais não podiam tirar do carro

Os agentes quebram uma lua e pegam a chave que estava dentro

REDACCIÓN BADAJOZ
09/06/2018

 

Funcionários do Corpo Nacional de Polícia de Badajoz resgataram a um bebé que ficou encerrado dentro do carro quando a sua mãe foi a montar no banco dianteiro e comprovou que tinha deixado as chaves dentro, pelo que os agentes que foram a em seu ajuda tiveram que fraturar a guiché dianteira do veículo, conseguindo tirar ao bebé em perfeito estado, segundo fontes da Chefatura Superior.

Foi a mãe do menino quem deu aviso à polícia, chamando à Sala del 091, o passado dia 8 de Junho, quando aconteceram os factos/feitos, à tarde, à volta de as 17.30 horas, no bairro de Badajoz de Cerro Gordo.

A mulher explicou que tinha introduzido a seu filho na cadeirinha adaptada, no banco de trás do carro para pôr-se em circulação/trânsito. Uma vez sujeito o menino à cadeirinha, fechou a porta de atrás para montar-se ela no assento do condutor e pôr-se em marcha. Foi nessa altura quando se {percató} de que as portas do veículo se tinham ficado bloqueadas e as chaves dentro do mesmo.

AJUDA DOS VIZINHOS/MORADORES / Uma patrulha apresentou-se no lugar do acontecimento de imediato e os agentes se entrevistaram com os pais, aqueles que em união com outros vizinhos/moradores que circulavam pela zona e que queriam ajudar-los, trataram sem êxito de fraturar um guiché dianteira do turismo, pelo que decidiram solicitar ajuda à polícia, dado que o bebé encontrava-se chorando e muito nervoso no interior.

Os {actuantes}, inscritos à Brigada de Seguridad Ciudadana, e perante as circunstâncias da situação, procederam de maneira imediata a fraturar a guiché dianteira direito do veículo, com autorização do proprietário, acedendo um polícia ao interior para obter as chaves, abrindo assim as portas e podendo tirar ao bebé, segundo ditas fontes.

MARTELO {ROMPELUNAS} / Para fraturar a guiché os polícias utilizaram «um martelo {rompelunas}», uma ferramenta concebida especialmente para tal fim, que levam os todos os veículos radiopatrulhas ao objeto de poder/conseguir aceder rapidamente ao interior dos habitáculos, em caso de acidente, ou como este, segundo dados da Chefatura Superior.

Por outro lado, o menor encontrava-se «em perfeito estado de saúde» e os pais se fizeram cargo do seu filho, expressando seu agradecendo aos funcionários policiais que intervieram.

As notícias mais...