+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Podemos dá nome de mulheres a 36 ruas e avenidas

A Associação da Imprensa convoca amanhã uma concentração antes da manifestação. Estudantes do Bárbara representam um conta contos no passeio de São Francisco

 

Estudiantes del Bárbara representaram ‘Presentes’, em São Francisco. - ANDRÉS RODRÍGUEZ

Erika Cadenas coloca un cartel con el nombre de {Virginia} {Wolf}. - ANDRÉS RODRÍGUEZ

F. LEON
07/03/2020

Varias entidades mantêm atividades por ocasião do 8 de Março, Dia Internacional da mulher, que culminarão com uma grande manifestação amanhã em Badajoz, às doze da manhã, desde/a partir de a avenida de Huelva, depois de/após que se celebre uma cadeia feminista às 24.00 horas de hoy, na praça/vaga de Espanha.

Ontem, para além de uma concentração de CCOO e UGT, militantes do Círculo Feminismo de Podemos colocaram cartazes com nomes de mulheres em 36 vias do centro da cidade, de forma temporal. Som nomes como {Virginia} {Wolf}, {Marie} {Curie}, {Matilda} {Landa}, Federica Montseny, Margarita Salas, ou {Miriam} {Makeba}, entre outras, além disso um cartaz com o letreiro «Estação de Caminho-de-ferro Carolina Coronado», numa esquina da praça/vaga de Espanha. É o símbolo da petição/pedido deste grupo numa moção à Câmara Municipal, que ainda não se tem cursado para levá-la a plenário/pleno, com o fim de dar esse nome à estação de comboio de Badajoz, «como continuidade da avenida que já leva seu nome», explicou Erika Cadenas, porta-voz desse grupo municipal. E acrescentou que «o temos posto aí porque a autorização para pôr os letreiros temporários é para o Centro Histórico». Além disso, amanhã repartirão {octavillas} na manifestação com as biografias das 36 mulheres.

Também Mulheres Progressistas celebrou um oficina de pintura de pedras e instalou uma mesa informativa no passeio de São Francisco, onde estudantes do Bárbara de {Braganza} representaram o {cuentacuento} Presentes.

Por outro lado, a Associação da Imprensa de Badajoz convocou uma concentração amanhã, às 11.30 horas, diante da Delegação do Governo, prévia à manifestação convocada pela Plataforma 8-M.