Menú

El Periódico Extremadura | Sexta-Feira, 24 de novembro de 2017

La Oex põe grupo/ponta sonora à primeira filme dirigida por {Curro} Velázquez

El largometragem do diretor e guionista de Badajoz se estreará o próximo 5 de Janeiro. Fernando Velázquez compõe a música de ‘Que desça Deus e o veja’

A. M. ROMASANTA lcb@elperiodico.com BADAJOZ
07/09/2017

 

La Orquesta de Extremadura (Oex) interpreta o grupo sonora criada pelo reconhecido compositor Fernando Velázquez para Que desça Deus e o veja, a primeira filme dirigida pelo cineasta de Badajoz {Curro} Velázquez, com {Karra} {Elejalde}, {Alaín} Hernández, El {Langui}, {Tito} {Valverde} e {Macarena} García. La gravação se iniciou ontem no Palácio de Congressos de Badajoz e continuará hoje. Com uma consolidada corrida/curso em televisão e cinema, {Curro} Velázquez trabalhou até agora principalmente como guionista (Os Serrano, Os Homens de Paco, Jornalistas, Fuga de Cérebros 2) e foi o criador de El Quiosque de Pepe.

Desde o pátio de poltronas, {Curro} Velázquez seguia/continuava ontem atento as indicações de Fernando Velázquez aos músicos para sincronizar a melodia com as imagens do filme, que já se tem filmado e se estreará o 5 de Janeiro. Que desça Deus e o veja conta a história duns monges que jogam futebol para salvar seu mosteiro. Trata-se de uma comédia «de grande público, que mistura ternura, com um {puntito} vândalo e comédia romântica, um pouco/bocado como o que fiz em televisão ou noutras filmes, mas mais aberta e familiar, na linha da comédia espanhola moderna», explicava ontem. La oportunidade de trabalhamos/trabalhámos com Fernando Velázquez, vencedor de um Goya, surgiu pela produtora, {Morena} {Films}, que perguntou ao diretor. «Fiz a carta aos Reis Mágicos e pedi a Fernando, felizmente leu o guião e gostou de». La ideia era «tratar a comédia de forma séria, que tanto/golo a fotografia, a música e o som fossem grandes e de comédia de peso».

Foi Fernando o que propôs que a Oex interpretasse a música, após dirigi-la no Festival Ibérico de Cinema de Badajoz. Segundo o compositor, o grupo sonora é «divertida, épica e entranhável, como a próprio filme».

As notícias mais...