+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

A obra do ambiente da Biblioteca do Estado se adjudica por 241.500 {€}

A mesa de contratação escolhe a oferta de {Saneba}, 65.500 {€} abaixo do orçamento de licitação. Se adequarão as vias e acerados e se criarão perto de 130 novas lugares de estacionamento

 

Ambiente da Biblioteca Pública del Estado Bartolomé J. Gallardo, em La Paz. - S. GARCÍA

B. CASTAÑO badajoz@extremadura.elperiodico.com BADAJOZ
08/03/2020

Las obras para acondicionar o ambiente da Biblioteca Pública del Estado Bartolomé J. Gallardo, pendentes desde há sete anos, estão mais perto de materializar-se. A mesa de contratação tem adjudicado de maneira provisória à empresa Saneamentos Badajoz SL os trabalhos por montante de 241.547 euros, quase 65.500 euros abaixo do orçamento base de licitação (307.000 euros). Agora, a adjudicatária, que justificou a oferta desproporcionada durante o procedimento, tem de prazo até ao dia 13 deste mês para apresentar a documentação requerida. Uma vez que estes aconteça, se elevará a proposta para que o órgão de contratação a ratifique e se possa assinar o contrato. A Câmara Municipal não precisou a data na qual poderiam iniciar/dar início's as obras, pois depende do que se prolonguem estes trâmites administrativos.

O objetivo desta atuação é acondicionar os arredores da Biblioteca do Estado, que quando chove se convertem num {barrizal} intransitável, com grandes jangadas de água na parte de terra, o que tem suscitado em numerosas ocasiões as queixas dos usuários e dos vizinhos/moradores da zona. Além disso, permitirá melhorar a imagem do ambiente destas instalações, que foram inauguradas no 2013.

O projeto inclui o arranjo dos aceradas e vias do ambiente da Biblioteca Pública, para além da criação de perto de 130 novas lugares de estacionamento. A maioria se localizarão na avenida do Guadiana, face à bilhete principal do edifício, mas também na parte da rua república Dominicana que vai-se a prolongar.

Isto último vai a permitir que a avenida do Guadiana se conete com a rua José Antonio Marco, o que evitará que se tenha que dar a volta pelo via Dadores de Sangue, que é muito utilizado pelas pessoas, sobretudo jovens, que utilizam as pistas desportivas de La Paz. Após estas obras, não terá que dar esse rodeio e se minimizará o risco de acidentes de viação entre o trânsito filmado e o pedonal.

O processo contempla também a instalação de redes de saneamento e abastecimento, a criação de passos de peões e a colocação da sinalização horizontalidade e vertical, para além de iluminação pública no troço que se prolongará da rua República Dominicana.

Las obras, uma vez que se firme/assine a ata de {replanteo}, têm um prazo de execução de três meses, segundo recolhe/expressa o caderno de encargos. O que não prevê-se neste projeto é atuar no solar limítrofe ao lateral da Biblioteca Pública del Estado que agora se utiliza como estacionamento, na qual só/sozinho se {echará} gravilha para melhorar o firme/assine. Esta parcela é de uso {dotacional} e a Câmara Municipal De Badajoz já anunciou faz algumas anos que a ideia era alcatroá-la, fazer acerados e dotá-la de iluminação, para o que se requereria um investimento duns 300.000 euros.

A obra de melhoria do ambiente da biblioteca já se licitou no 2018, dentro do Plano de Impulso à Economia Local, mas não se chegou a adjudicar por falta de tempo. Nessa altura, a equipa de governo avançou que se levaria a cabo neste ano.