+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Limpeza reparte 5.000 {kits} para solucionar as fezes e urina de cães

Porá adesivos onde deixam sacos de lixo fora para pegar/apanhar aos infratores. Dois carrinhas os distribuirão entre os proprietários de bairros e povoados

 

O responsável de {FCC}, {Óscar} {Zubelzu}, e o vereador Alejandro Vélez. - S. GARCÍA

A. M. ROMASANTA
04/02/2020

No terá desculpa para os proprietários de cães que não recolham suas fezes nem limpem sua urina dos espaços públicos. Isso é o que pretende o vereador de Limpeza, Alejandro Vélez, quem ontem anunciou o início duma campanha consistente na distribuição de 5.000 {kits} entre proprietários de cães, que contêm sacos para os excrementos, uma garrafa para enchê-la de água e vinagre com a que eliminar o {pis} e um saco para transportá-los durante o passeio com a animal de estimação.

Estes {kits} repartir-se-ão ao longo do mês de Fevereiro, em horário de 16.00 a 20.00 horas, com dois carrinhas que o pelouro tem alugado e rotulado e que percorrerá todas os bairros e povoados. Para poder/conseguir retirar um {kit} nos pontos de entrega (existe um calendário com datas, bairros e lugares), cada proprietário deve apresentar-se com o seu cão e identificar-se perante o empregado municipal, pois só/sozinho se entregará uma caixa por pessoa, embora tenha mais duma animal de estimação. Uma vez repartidas, as restantes se depositarão nas escritórios do Serviço de Limpeza, na rua {Canela} 11, para que os interessados possam recolhê-las com o mesmo procedimento.

50.000 cartas / Esta iniciativa faz parte da campanha Badajoz com decoro, que este pelouro iniciou faz meses com uma carta de apresentação, na qual anunciava medidas para melhorar a limpeza da cidade e consciencializar a seus vizinhos/moradores. Para além do distribuição dos {kits}, Limpeza informará aos vizinhos/moradores apelando a sua implicação, com o {buzoneo} de 50.000 cartas. Vélez desconhecia ontem o custo da campanha, mas tendo em conta que cada {kit} subida 3,90 euros (mais IVA), rondará os 20.000 euros. O vereador sim explicou que este despesa sai da verba/partida de 60.000 euros que a concessionária do serviço, {FCC}, dá para publicidade e campanhas de consciencialização.

Segundo o registo do Colégio Oficial de Veterinários, ao que o vereador referiu-se, em Badajoz há mais de 24.000 cães recenseados. Vélez acredita que existe um maior/velho hábito de recolher os excrementos das ruas, não assim de limpar os urina. Segundo o responsável de Limpeza, a Policia Municipal de Badajoz sanciona, embora desconhecia quantas multas se têm podido pôr no último ano. Sim explicou que a sanção é diferente em função da ordenança que se aplique. Assim, com a de limpeza, ao ser uma falta grave, a multa pode oscilar de 751 a 1.000 euros. Enquanto se a que se aplica é a ordenança reguladora da posse de animais, a sanção que corresponde é de 30 euros. O vereador mostrou-se a favor de que seja esta última a que se tenha em conta, dado que do tratar-se é de «um aprendizagem».

Quanto à iniciativa de rever as sacos de lixo depositadas fuera dos contentores para localizar aos infratores, anunciou que, como se faz com os veículos mau estacionados quando se os leva a grua, pensou em colocar adesivos nos lugares onde estavam depositados as sacos, para avisar aos autores de que os serviços municipais se as levaram para inspecioná-las e localizar-los.

A de ontem era a primeira conferência de imprensa de Vélez como vereador de Limpeza, justo quando está em questão sua representação como vereador de Vox, jogo/partido que já dá por feita sua expulsão. Ele insistiu em que «tudo continua na mesma».