Menú

El Periódico Extremadura | Terça-Feira, 19 de junho de 2018

A Guardia Civil confisca de 96 maços de tabaco fruteiro do contrabando

O estabelecimento carecia das prefitas e a documentação

REDACCIÓN
13/01/2018

 

Membros da Guardia Civil de Badajoz, no quadro do plano de atuações na luta contra a fabrico caseiro e a venda ilegal de tabaco em estabelecimentos não autorizados, bem como sobre/em relação a a venda de tabaco procedente do contrabando, levou a cabo, no decurso da manhã do passado terça-feira, dia 2 de Janeiro, uma intervenção num estabelecimento de alimentação, situado na popular bairro de Badajoz de São Fernando.

Segundo fontes procedentes da comando de Badajoz, efetivos do Área Fiscal do Posto Principal da Guardia Civil de Badajoz, dentro da investigação desenvolvida para a localização de pontos de venda ilegal e clandestina de tabaco, localizaram numa loja de alimentação do bairro de São Fernando, um desses pontos.

Em dito estabelecimento, os agentes encontraram-se com um estoque de 96 maços de tabaco de diferentes marcas. Tabaco tudo ele que carecia da pertinente documentação e das prefitas regulamentares para a venda legal deste produto.

Segundo a Guardia Civil, perante o exposto, à proprietária do estabelecimento se lhe interveio o tabaco e se lhe confecionou as correspondentes atas por Infrações administrativas de contrabando.

As notícias mais...