Menú

El Periódico Extremadura | Quarta-Feira, 1 de abril de 2020

González Barroso conta vivências de anos de viagens em ‘{Anecdotario} musical’

O livro narra suas experiências com os grandes músicos com os que teve relação. Ganhou o Nacional de Investigação Folclórica e é autor doutras quatro obras

F. LEÓN badajoz@exremadura.elperiodico.com BADAJOZ
15/03/2020

 

Emilio González Barroso (Calzadilla de Coria, 1942 e Filho Adotivo de Fuente de Cantos), professor e professor de música, aluno de Isidro Duque e de {Esteban} Sánchez, discípulo de órgão de Miguel del Barco, intitulado em piano e acordeão, e colunista deste diário/jornal, acaba de tirar do forno da imprensa seu livro {Anecdotario} musical.

González Barroso --Premio Nacional de Investigación {Folclórica} en 1980-- ha decidido publicar esta obra para contar «minhas vivências, minhas experiências pessoais vividas ao longo/comprido de toda uma vida de viagens por mais de 20 países, com o Coro do Conservatório e com o grupo de Coros e Danças de Badajoz», explica.

O professor e diretor {coral} conta que «em tudo este tempo, e ao longo/comprido desses viagens, tenho tido a oportunidade de conhecer e ter relação com grandes músicos, famosos, de Espanha e de todo o mundo».

De facto, acrescenta, «tenho tido essa relação em concertos com músicos como {Moreno} {Torroba}, {Rostropovich}, {Montserrat} {Caballé}, {Baremboim}, {Esteban} Sánchez e Miguel del Barco, entre outros».

González Barroso tem tido em quanta, na hora de recolher suas experiências, «aquelas vivências nas que se produziram situações anedóticas; não {recojo} curiosidades se não têm relação com o musical, nem vivências musicais se não há alguma curiosidade ou situação engraçada ou cómica unida a ela».

O autor assinala que o livro, editado pela assembleia provincial, com prefácio de Francisco Martos, deputado de Cultura, tem 30 capítulos, 150 páginas, 130 fotografias, uma bibliografia própria de livros, composições musicais, gravações, conferências, recitais e pregões.

González Barroso tem publicados O Folclore Musical da Extremadura, com a Editora Regional; Cancioneiro Popular Extremenho, com {Universitas}; Canto {Coral}, com Promúsica; e Canções de Natal Extremenhos, -igual que o quinto-, com a Diputación de Badajoz, este último com dois edições esgotadas.

As notícias mais...