Menú

El Periódico Extremadura | Segunda-Feira, 17 de fevereiro de 2020

O contrato para a limpeza das beiras do rio inclui a do {Rivillas} e o {Calamón}

«Cheira cada vez pior e em cima {echan} animais mortos», diz uma vizinha

F. L. BADAJOZ
12/07/2019

 

«Cheira cada vez pior e em cima {echan} animais mortos», manifestou Carmen, uma mulher residente no bairro de São Roque, que denunciou em nome de seus {convecinos} os maus cheiros que desprendem os arroios {Rivillas} e {Calamón}. «Estamos assim desde há três anos; é insuportável; já há até árvores no leito», disse.

Carmen insistiu em denunciar a situação que padecem «aqueles que vivemos nos bairros próximos aos arroios e qualquer que passe por ali perto. É penoso ter que viver nestas condições», acrescentou, somando's à alerta periódica das associações de vizinhos/moradores dos bairros afetados, especialmente Cerro de Reyes, {Pardaleras} e São Roque.

Postos em contacto com a câmara municipal, o vereador de Meio ambiente, Jesús Coslado, assinalou através do gabinete de imprensa que «já se tem adjudicado provisoriamente o contrato de limpeza das beiras do rio, que inclui a limpeza anual dos arroios».

A adjudicação se fez de forma provisória (Ver diário/jornal do passado 7 de Julho), pelo Câmara Municipal, à empresa Siex 2000, por um período de quatro anos e uma quantia de 1.951.000 euros ao todo, 190.000 euros menos do preço base de licitação.

Uma vez que a adjudicação seja definitiva a empresa poderá começar os seus trabalhos de limpeza das beiras do Guadiana a seu passo por Badajoz, mas não se sabe quando começará a limpeza dos leitos dos arroios.

As notícias mais...