Menú

El Periódico Extremadura | Quinta-Feira, 23 de novembro de 2017

A Câmara Municipal estuda poder/conseguir aprovar campanhas pontuais de desinfeção

O caderno de encargos inclui somente antes do verão

A. M. R. BADAJOZ
11/09/2017

 

A Câmara Municipal de Badajoz se está apresentando incluir modificações no caderno de encargos pelo que adjudica a campanha de desinfeção contra os mosquitos, para incorporar a possibilidade de poder/conseguir ser feito atuações pontuais se se produzem aumentos inesperados da presença destes insetos nalgumas zonas concretas da cidade em épocas pouco/bocado habituais devido à climatologia.

Esta possibilidade se apresentou uma vez de que os vizinhos/moradores de Cerro Gordo tenham expressado reiteradas queixas através das redes sociais pelo incremento de mosquitos no bairro a princípios de setembro. Os vizinhos/moradores desta zona da cidade já se queixaram a princípios de verão da proliferação destes insetos e dos problemas que causavam seus {picaduras} entre o vizinhança.

Fontes municipais asseguraram a este diário/jornal que em Cerro Gordo se tem desinfetado antes do verão como se fez em toda a cidade, em atenção ao caderno de encargos aprovado para adjudicar esta atuação. O problema reside, segundo estas mesmas fontes, em que este bairro está situada «em plenário/pleno campesinato», próxima a um campo de golfe e a extensões de regadio, pelo que pode ser esse o motivo de que os mosquitos tenham voltado a aparecer nestas datas favorecidos por um clima propício e a humidade do ambiente.

Insiste a Câmara Municipal em que Cerro Gordo se tem tratado como outras zonas da cidade e em que nestes momentos não conta com uma verba/partida orçamental para poder/conseguir contratar um novo tratamento, que não está contemplado no caderno de encargos pelo que se contratou a uma empresa, de forma que as tarefas de desinfeção terminaram, pois somente se contemplam antes do verão.

As notícias mais...