Menú

El Periódico Extremadura | Quarta-Feira, 14 de novembro de 2018

Cabeças será exigente com os compromissos do Governo central

Pedirá que invista na Plataforma Logística e a Ronda Sul

A. M. R. BADAJOZ
08/06/2018

 

O porta-voz municipal do PSOE em Badajoz, Ricardo Cabezas, enfatizou ontem que vai ser exigente com o Governo central, como diz que o está a ser com a Junta de Extremadura, com o que considera que é «bom para a cidade». «Não me vou a calar porque seja um Governo socialista e {reclamaré} sempre que cumpra com o orçamentado para Badajoz», defendeu.

Cabezas recordou que desde há tempo mantém reuniões com conselheiros para que o governo regional cumpra os compromissos com a cidade, {consignados} nos orçamentos autonómicos com 23,7 milhões de euros. Assim, enquanto seja nomeado o novo delegado do Governo na Extremadura, pedirá «a máxima»transparência em todos os projetos pendentes e seu seguimento para que saiam adiante «sem demora». O porta-voz defendeu que é necessário saber a verdade sobre/em relação a o TGV, o camalote, os investimentos em património histórico e infraestruturas e considerou que o Estado tem que investir tanto/golo na Plataforma Logística como na Ronda Sul. Também quer saber o que é que se passa com o desdobramento da estrada de {Sevilla} (que se tem {presupustado} em três ocasiões e não se tem executado) e outras vias, o aeroporto e a necessidade duma terminal de mercadorias, a Cidade da Justiça, o último troço da avenida Ricardo Carapeto e a nova rotunda de Cerro Gordo. O seguimento de todos estes projetos será uma de suas ocupações, segundo disse e está disposto a viajar a Madrid para «falar com quem faça falta» para atrair projetos a Badajoz ou impulsioná-los se estão execução.

As notícias mais...