Menú

El Periódico Extremadura | Quarta-Feira, 1 de abril de 2020

A assembleia provincial edita um novo folheto turístico dedicado a 19 mulheres

As homenageadas guiam ao viajante por seus municípios de origem ou de profissão. A publicação, de 112 página, leva ilustrações de {Mayte} Alvarado

REDACCIÓN lcb@elperiodico.com BADAJOZ
12/03/2020

 

El Área de Transformación {Digital} y {Turismo} de la diputación ha presentado una nueva guía turística, Pioneiras da Província de Badajoz, que homenageia «a mulheres que abriram caminho para construir um presente e um futuro em igualdade». E «guiados por elas, se conhecerão os lugares nos que nasceram ou exerceram», assinalou a deputada de Igualdade, Cristina Valadés. Pioneiras da Província de Badajoz, segundo Valadés, «aproxima a 19 mulheres excecionais que  lutaram por ser iguais que os homens de seu tempo».

El deputado Manuel José González explicou que a publicação «se enquadra nas estratégias da assembleia provincial de promover o turismo mediante a inovação e a criação de novos folhetos que sejam inspiradores de viagens e que ponham em valor nossos recursos». El folheto mostra a cultura, a natureza, a gastronomia e as festas dos povos/povoações relacionados com estas mulheres.

Pioneiras da Província de Badajoz está na linha de outros dois folhetos anteriores: Badajoz, Paisagens Literários e Rotas Mágicas pela Província de Badajoz, com o mesmo formato, com papel de qualidade e ilustrações elaboradas».

A chefe da Escritório de Informação Turística, Carolina Casado, afirmou que a guia, «baseada no {binomio} mulher e turismo», responde «à criação de novos produtos destinados a encontrar novos {nichos} de mercado e a fidelizar ao turista que já conhece a província com novos argumentos de viagem».

Também assinalou que tem 112 páginas, com ilustrações de {Mayte} Alvarado e textos de {PlanVE} Extremadura. El folheto se divide em cinco capítulos que agrupam a mulheres por profissões: Famosas da {Farándula}, Vozes pela Justiça, Educando em Igualdade, Sentido e Sensibilidade e Valentes com Coração. Entre elas figuram Julia Mayoral Márquez, primeira presidenta da Câmara Municipal de Espanha que em 1902 exerceu três meses em Alange; {Catalina} de Bustamante (Llerena, 1490), primeira professora em América; ou María Cerrato, primeira veterinária, intitulada em 1925.

As notícias mais...