+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

A ajuda a domicílio presencial chega a 962 usuários, amanhã

Alguns beneficiários ainda não têm reativado este serviço

 

A. M. R. BADAJOZ
09/06/2020

A ajuda a domicílio presencial se reinicia amanhã de maneira massiva para os beneficiários de Badajoz, embora durante o estado de alarma nunca se tem suspendido, mas só/sozinho uma parte (150 até ao 11 de Maio e depois 500) por sua maior/velho dependência, seguia/continuava recebido apoio em suas casas, enquanto ao resto dos usuários os chamavam ao telefone diariamente para conhecer suas necessidades. Os demais beneficiários tinha decidido voluntariamente que este serviço se suspendesse, segundo informou ontem o presidente da Câmara Municipal, Francisco Javier Fragoso.

Amanhã se incorporam 150 trabalhadores. Mas não todos os usuários voltarão a receber/acolher o serviço de maneira presencial porque uma parte prefere adiarlo, bem por temor ao contágio ou porque estão a viver com suas famílias. Por enquanto têm reativado o serviço 962 maiores/ancianidade de um total de 1.014. A Câmara Municipal dotará a todos os trabalhadores de equipas de proteção individual específico, com luvas, gorros, máscaras, batas e {delantales}.

Por outro lado, o presidente da Câmara Municipal informou da abertura de todos os bares dos centros de maiores/ancianidade, a exceção do de {Pardaleras}, {extremando} as medidas preventivas.

TERRAÇOS SUJOS / Fragoso aproveitou para fazer um novo apelo -por terceira vez- aos hoteleiros para que mantenham limpos os espaços que ocupam os veladores, «antes, durante e depois» e assinalou que vão ser «muito estritos» no cumprimento da ordenança.

O presidente da Câmara Municipal recordou também que a {Polciía} Local seguem/continuam vigiando os botellones, que agora estão proibidos em toda a cidade. Já se têm posto 20 denúncias, muitas no ambiente da Memória de Menacho.