Menú

El Periódico Extremadura | Segunda-Feira, 25 de junho de 2018

298.600 euros do {Aepsa} permitirão contratar a 134 desempregados

88 empregos se repartem entre os oito povoados e, o resto, na cidade. Trabalharão antes do 1 de Dezembro e no primeiro trimestre de 2019

A. M. ROMASANTA lcb@elperiodico.com BADAJOZ
09/06/2018

 

A Câmara Municipal de {Badjaoz} vai a apresentar o projeto com cargo ao Acordo para o Emprego e a Proteção Social ({Aepsa}, antigo PER) com um orçamento de 298.621 euros, que permitirá contratar a 134 desempregados inscritos no Regime Agrário (113 {peones} e 21 oficiais) entre os oito povoados e a cidade.

A vereadora de Emprego e Desenvolvimento Económico, Branca Subirão, explicou ontem que a Câmara Municipal solicita ao Ministério de Trabalho 242.400 euros para contratos, aos que a Junta de Extremadura acrescentará um subsídio para os materiais de 36.360 euros e a Câmara Municipal dará 1.953 euros, para além de 17.908 euros para a elaboração dos projetos. A atribuição de contratos realiza-se em função do número de desempregados do Regime Agrário. Trabalharão antes do 1 de Dezembro e no primeiro trimestre de 2019.

Assim, em Badajoz capital se realizarão 46 contratos com 98.743 euros para a automatização do rega por internet e {ajardinamiento} na Ronda Norte. Em Alcazaba se remodelará o {enlosado} da praça/vaga com 13.790 euros para 7 contratações. Em Alvarado, a terceira fase do acerado da rua O Moral com 10.842 euros para 5 contratos. Em Balboa vai-se a realizar o acerado da rua Ponte/feriado e Ronda Norte e o passeio do jardim do parque com 25.024 euros para 12 contratos. Em {Gévora} se destinará a instalações de rega em jardins e {replantación} de roseiras com um orçamento de 33.396 euros e 16 postos de trabalho. Em {Novelda} se acometerá o acerado e o estacionamento na rua Escolas com 46.421 euros e 22 contratações. Em {Sagrajas}, o {ajardinamiento} do parque da rua Ronda Sul e Ronda Saliente com 11.562 euros para 6 contratos. Em Valdebótoa, o acerado das traseiras da biblioteca se realizará com 27.113 euros e 13 contratos e em Villafranco, 13.817 euros para reparar a pista polidesportiva com 7 trabalhadores.

As notícias mais...