Menú

El Periódico Extremadura | Quinta-Feira, 21 de septembro de 2017

17 estabelecimentos participam na feira ‘Caça a tampa/petisco’, que começa hoje

A segunda edição celebra-se até ao próximo dia 17

A. M. R. BADAJOZ
08/09/2017

 

O facto/feito de que se tenha organizado uma segunda edição e além disso se tenha aderido um maior número de estabelecimentos é a prova do êxito duma iniciativa que começou no passado ano em Badajoz como aposta para o turismo gastronómico com a caça como matéria-prima. A segunda edição da feira Caçada a tampa/petisco começa hoje e se prolongará até ao próximo 17 de setembro, com a implicação de 17 estabelecimentos de restauração, organizada pela Confederação Empresarial de Turismo da Extremadura ({Cetex}) e a Associação Turismo Cinegético Extremadura ({Tuciex}) e com o patrocínio do Câmara Municipal De Badajoz.

Os participantes são O Cais do Guadiana, A {Alacena} do Hotel Rio, A Moça {Gastro} Bar {Gin} Clube, 39siete, A Taberna de {Kusso} I e II, O Nosso, {Acros}, Pepe Jerez, A {Yeguada}, {Quotidiano}, {Gladys}, O Passo do Água, Porta Talvegues, O Miradouro do Guadiana Hotel NH, a Velha {Cantina} e O {Kiosco} de Castelar. Todos eles oferecerão uma tampa/petisco a 3 euros que terá como base carne de caça {aderezada} com produtos extremenhos. {Jerónimo} Canto, presidente de {Tuciex}, destacou que «a carne de caça é boa, natural, sem {aditivos}, porque são animais que vivem soltos no campo». Canto compareceu acompanhado de Antonio Martínez e de José Luis Iniesta, quem assinalou que não é habitual que as cartas incluam pratos de caça porque é um produto caro.

As notícias mais...