+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

O sector agrário {clama} de novo contra a crise de preços

 

REDACCIÓN ALMENDRALEJO
24/01/2020

O centro cívico acolheu uma conversa organizada pela Comunidade de Lavradores e Pecuários que falou sobre/em relação a os preparativos da manifestação que o sector agrário prepara para o dia 29 em {Agroexpo} e, especialmente, da crise de preços que segue/continua atravessando o sector.

Juan Metidieri, presidente de {Apag} Extremadura {Asaja}, também esteve na conversa e indicou que «o sector continua numa crise de preços profunda e não há soluções». Recordou que já celebrou-se uma manifestação por estas datas o ano passado em Badajoz «e após passar um ano, continuamos igual na Extremadura». Metidieri considera que terá mais atos para além da manifestação em {Agroexpo} e não descarta uma grande mobilização em Madrid. «{Vendemos} os preços abaixo da rentabilidade das explorações e assim é difícil», apontou.

Juan Jesús Rama, presidente da Comunidade de Lavradores, definiu a situação como «crítica» e pôs o exemplo da crise de preços no sector do óleo/azeite.

Rama assinala que «temos de indicar ao consumidor o que subida fazer o produto e pelo que realmente se vende. Os benefícios têm de repartir-se mais na cadeia. Simplesmente, queremos viver da nossa profissão», sentenciou.