Menú

El Periódico Extremadura | Segunda-Feira, 25 de septembro de 2017

O PSOE local exige a Monago que «tome medidas com García Lobato»

Piedade {Álvarez} pede ao presidente da Câmara Municipal que mostre os correios intercambiados

REDACCIÓN ALMENDRALEJO
07/09/2017

 

A porta-voz socialista na Câmara Municipal, Piedade {Álvarez}, compareceu ontem perante os meios para expressar sua tristeza porque Almendralejo tenha sido notícia novamente pelo caso {Cofely}. {Álvarez} assinalou que não vai a pedir a demissão de José García Lobato como presidente da Câmara Municipal, mas pede ao presidente do Partido Popular da Extremadura, José Antonio Monago, «que tome as medidas oportunas com García Lobato pelo bem de Almendralejo».

Piedade {Álvarez} manifestou que se têm ido cumprindo os passos que os socialistas já vaticinaram desde Julho de 2014 e reconhece que desde o PSOE têm mais informação, já que o jogo/partido está apresentado na causa, mas deixa que sejam as diligências judiciais as que vão marcando o passo do caso.

A cabeça visível do PSOE local diz que a comparência do presidente da Câmara Municipal para dar explicações foi «desafortunada» e que se está tranquilo lhe pede que mostre os correios intercambiados com Pedro García, diretivo da empresa {Cofely}.

Piedade {Álvarez} recordou que no plenário/pleno de há três anos seu jogo/partido já defendeu que o contrato para externalizar a iluminação pública apresentava irregularidades, concretamente consumos energéticos inflados num 30 por cento. Também destacou o oportunismo de outros partidos políticos em somar-se ao carroça desta denúncia, numa clara alusão a Izquierda Unida, que pediu a demissão do presidente da Câmara Municipal um dia depois de/após que a notícia fora publicada em imprensa. A porta-voz socialista avançou que terá cedo mais novidades em relação ao caso.

As notícias mais...