+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

O projeto {Mbiuni} procura fundos para a segunda fase

Querem fazer outros dois estufas para que sejam autónomos/trabalhadores independentes

 

Estufa construída por Desperta Almendralejo no Quénia. - EL PERIÓDICO

REDACCIÓN ALMENDRALEJO
26/06/2019

Representantes da {oenegé} Desperta Almendralejo viajarão em Julho a Quénia, para conhecer como se desenvolve o projeto {Mbiuni}, dividido em duas fases; a primeira começou o ano passado e consiste na instalação de três placas terrenos, a construção duma instalação de água corrente, tanto/golo para água fria como quente, o montagem duma máquina de lavar roupa industrial e uma estufa, do qual já beneficiam-se 140 meninos com deficiência física e psíquica, que, entre outros produtos, já {recolectan} tomates.

Agora começa a segunda fase, na qual se habilitarão outros dois estufas e se fará um ginásio que usarão meninos com deficiência física para sua reabilitação. Terão que comprar uma maca, bolas {medicinales} e outras máquinas, segundo o que lhes diga o fisioterapeuta.

Com os novas estufas se quer promover o cultivo de frutas e verduras, tanto/golo para consumo próprio como para a venda. Isto último é de vital importância, já que o centro poderá dispor assim de recursos económicos próprios, tendo mais solvência económica e autonomia.

Todas as pessoas interessadas em colaborar com esta iniciativa solidária podem fazê-lo realizando um rendimento na conta de {Cajalmendralejo} {ES68} 3001 0037 4737 1000 4359. Foram as doações as que fizeram possível que este projeto seja uma realidade.