Menú

El Periódico Extremadura | Domingo, 8 de dezembro de 2019

A praça/vaga do Mercado, o PGM ou a venda da pedreira/formação, os planos mais urgentíssimos

O presidente da Câmara Municipal espera que alguém queira comprar o prédio de Correios

REDACCIÓN ALMENDRALEJO
24/06/2019

 

O tempo urge para alguns projetos que a nova equipa de governo considera como urgentes e decidir que fazer com eles. Destaca o futuro do prédio que antes ocupava a mercado, sobre/em relação a o qual o presidente da Câmara Municipal José María Ramírez defende que tem um acordo/compromisso com os vizinhos/moradores de recuperar a zona para o comércio e não deixar que aí vá um centro sociocultural. Neste sentido, revelou que o projeto ainda não foi aprovado à {UTE} de empresas candidato/candidata e que vão a estudar as opções para tentar mudá-lo.

Sobre/em relação a o Plano Diretor Municipal (PGM), assinala que «passou demasiado tempo após ser aprovado por unanimidade em várias ocasiões. Temos de pôr-se as pilhas com o PGM e aprovarlo quanto antes». Também procurará soluções a como reverter o processo iniciado para a venda da parcela da pedreira/formação nas antigas instalações de {Hormigusa}. «É um lugar que temos de convertê-lo em zona de recuperação do património», precisou.

A nova equipa de governo também analisará que fazer com o antigo prédio de Correios, embora o presidente da Câmara Municipal tem apontado que «oxalá amanhã chegasse alguém para pagar um euro mais do que {pagamos} nós e poder/conseguir vendê-lo».

Na sua primeira comparência também avançou que nesta semana terá «uma importante reunião» com o presidente do Extremadura UD.

As notícias mais...