Menú

El Periódico Extremadura | Domingo, 18 de agosto de 2019

Un novo plano de igualdade, principal objetivo de {Macarena} Domínguez

Propone reconsiderar o projeto que se iniciou no 2017 e tê-lo pronto/inteligente/esperto neste ano. Também continuará o trabalho para conseguir o título de ‘Cidade amiga da infância’

REDACCIÓN prov-badajoz@extremadura.elperiodico.com ALMENDRALEJO
02/07/2019

 

Contar com um novo plano de igualdade para Almendralejo é um dos principais objetivos que se marca para os próximos quatro anos a nova vereadora de Igualdade, {Macarena} Domínguez. É uma linha de trabalho importante para ela porque, salienta, «o atual plano está desempregado/parado, sem modificações nem contribuições». O que propõe fazer a vereadora é um reconsideração do projeto no qual se começou a trabalhamos/trabalhámos no 2017 de maneira que esteja em funcionamento já este mesmo ano.

Quanto à Escritório de Igualdade, através dela assegura que vão a desenvolver uma série de oficinas nos que se trabalhará sobre/em relação a este âmbito. Entre os mais importantes estão ‘As raparigas também contam’, que se fará na Escola Municipal de Jovens Científicos/cientistas e ‘{Ayúdame} a cuidar-te’, que chegará aos centros escolares para fomento da conciliação e a {corresponsabilidad}. Outra das iniciativas que se porão em marcha nesta matéria, será um itinerário para o {empoderamiento} feminino através do fomento da participação da empregabilidad e empreendimento da mulher.

Combater a violência sexual será outro eixo importante desta escritório. Para isso se desenvolverá uma campanha de sensibilização para a prevenção deste tipo de violência. Incluirá oficinas sobre/em relação a relações afetivo sexuais sãs que irão dirigidos aos jovens, tanto/golo nas escolas como no espaço da criação jovem. Também se trabalhará a imigração. Para isso se realizará um programa para a prevenção e promoção da saúde integral para mulheres da {oenegé} Mulheres em Zona de Conflito, segundo adianta a nova vereadora, quem também lamenta que atualmente o Conselho Local de Mulher esteja «desempregado/parado» pelo que agora «vai-se a fomentar e revitalizar».

Em matéria de Infância, Domínguez destaca a importância de pertencer à rede Cidade Amiga da Infância, uma iniciativa na qual se colabora com Unicef. Um dos requisitos é a participação dos jovens, pelo que vai-se a criar um Conselho Local de Infância e Adolescência onde se lhes dará voz. O comporão 34 meninos.

Por outro lado, {Macarena} Domínguez levará também as delegações de Rádio Região de Lamas e Habitação. Em relação à rádio municipal, já se tem anunciado a criação duma comissão de seguimento. Com ela se pretende fomentar a participação cidadã a nível local. Vão a manter os programas atuais, embora se querem promover especialmente certos espaços. Entre as medidas mais importantes previstas está a de incluir no programa ‘Câmara Municipal ao fala’ a todos os partidos políticos da cidade, independentemente de se estão ou não no governo. O resto de programas vão a manter seu estrutura, assinala a vereadora, mas sempre procurando potenciar a participação dos cidadãos.

Finalmente, em matéria de habitação, aponta que não há nenhum plano estabelecido por enquanto. «Vai-se a trabalhamos/trabalhámos na promoção duma nova política de habitação, mas se está à espera da constituição da Junta de Extremadura para reunir-se com eles e ver quais são as previsões. Se atenderão as habitações sociais e novos {ARU}. Além disso, se vigiarão aquelas habitações que não possam cumprir com as mínimas normas de habitabilidade.

As notícias mais...