Menú

El Periódico Extremadura | Terça-Feira, 21 de novembro de 2017

Há 210 candidatos/candidatas para participar neste ano na escola de música

A direção terá que fazer listas de espera diante da grande procura de praças/vagas

RODRIGO CABEZAS
09/09/2017

 

A música continua a ser um fenómeno na moda em Almendralejo. Se vem comprovando durante os últimos anos, onde são cada vez mais famílias os que se decantam por levar a seus filhos a aprender música à frente de os desportos. Por isso, a escola de música municipal de Almendralejo começa a ficar pequena e sua capacidade para satisfazer todas as necessidades também. O prazo para realizar pré-inscrições face ao novo curso ficou encerrado e segundo tem podido saber este jornal há 210 pedidos/solicitações para praticar algum dos cursos oferecidos. O ano passado, o centro pôde oferecer classes a 180 pessoas, uma cifra que poderia ser similar para este curso. Por isso, seu diretor {Narciso} González, tem claro que será necessário elaborar listas de espera um ano mais: «já nos vem acontecendo nos últimos cursos, embora neste ano {contamos} com uma novidade. Desde que temos a nova site, todas as {incripciones} realizam-se de maneira telemática e as listas de espera vão criando por ordem/disposição de chegada, assim nunca há problemas e toda a gente conhece o dado que tem porque fica registado».

A procura maior reside nas classes de Música e Movimento, isto é, para meninos de entre 4 e 6 anos. Para estas idades se tiram vários grupos e normalmente ficam poucas praças/vagas livres nos primeiros prazos, já que as renovações são constantes. Das pedidos/solicitações apresentados, mais da metade pertencem a Música e Movimento, embora {Narciso} González assinala que também há uma subida na modalidade de Linguagem Musicalidade.

Para abastecer toda a procura o centro necessitaria mais recursos. No passado ano se contou com a participação de três professores e um de apoio. «Neste ano ainda temos que ver que disponibilidade de professorado temos e, em função de isso, veremos a quantas pessoas podemos oferecer classes». Outro problema é que o espaço fica cada vez mais pequeno, embora certo é que a inauguração da nova sede se fez recentemente.

O próximo 20 de setembro sairá o lista provisória de alunos admitidos. Dois dias depois, após um breve prazo de reclamações, as listas serão definitivas. O 25 de setembro se publicarão os horários e grupos, enquanto as classes começarão o 2 de Outubro.

As notícias mais...