+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

Foguete e {Cay}, os dois novos ‘agentes’ que travarão o consumo de drogas

Evitar o pequeno tráfico entre os menores em parques e lugares públicos, seu grande repto/objetivo. O polícia Diego Martín tem cedido seus cães e levará o peso deste serviço

 

Foguete e {Cay} pousam com responsáveis da Câmara Municipal e a policia municipal no dia de sua estreia. - R.M.

RODRIGO MORÁN
17/07/2020

Foguete e {Cay}, um pastor belga e outro alemão, já som os novos agentes da policia municipal. Som os primeiros integrantes da nova unidade canina que terá pela primeira vez em Almendralejo a policia municipal, a qual pode ser uma ferramenta essencial para desenvolver planos antidroga entre a população jovem.

Esta mesma semana tem entrado já em funcionamento esta unidade que gerirá o instrutor Diego Martín, um policia municipal que tem cedido de maneira altruísta os dois cães ao serviço e que conta com a formação necessária para fazer este estreitamente.

Foi há três anos quando se interessou pelo adestramento de cães e reconhece que «não foi nada simples». Fez um curso pela Federação Espanhola de Municípios e Províncias de cinco meses para ter uma especialização que hoy está muito bem valorizada.

Diego explica que Foguete e {Cay} seguem/continuam a técnica do marcação {lapa}, isto é, o cão procura a substância mediante um {cuarteo} pela zona ou entre as pessoas suspeitas de ter em cima substâncias estupefacientes. Uma vez que a deteta, com a ponta da nariz, marca exatamente a localização da substância e fica imóvel até que recebe uma ordem/disposição do polícia.

«Nós o {adiestramos} como se fora um jogo. Uma vez que deteta a substância, lhe {instamos} a que vá a pelo {mordedor} como prémio». E não falham.

Diego realizou várias demonstrações durante a apresentação da unidade canina perante o espanto dos presentes, aqueles que viam como Foguete e {Cay} tardavam apenas segundos com dar com o lugar no qual estava escondida da droga.

Para além de colaborar com outros corpos de segurança em planos antidroga de envergadura, Foguete e {Cay} têm a missão de eliminar o pequeno tráfico e a droga que circula entre a população jovem em parques e ruas, evitando-se assim os revistas em menores e mulheres, garantindo seus direitos e, o mais importante, estes polícias caninos sempre {aciertan}.