Menú

El Periódico Extremadura | Domingo, 29 de março de 2020

O filme sobre/em relação a Buñuel, lista para apresentar-se em cinemas de toda Espanha

Hoy celebra-se o antestreia oficial na região com uma projeção nos cinemas de Mérida. Na sexta-feira 26, o filme se poderá ver nas salas nacionais, entre elas nos Multicinemas Vitória

RODRIGO MORÁN epalmendralejo@gmail.com ALMENDRALEJO
22/04/2019

 

Quando o {almendralejense} José María Fernández de Vega, da mão de sua produtora The {Glow}, decidiu embarcar-se neste projeto, não sabia que um largometragem de animação sobre/em relação a um personagem como Luis Buñuel pudesse dar tanto/golo que falar e teria o máximo reconhecimento da crítica profissional do sector. Mas às vezes, os sonhos, cumprem-se e o filme Buñuel no Labirinto das Tartarugas, realizada integramente em Almendralejo e {coproducida} por The {Glow}, se estreará oficialmente nas salas de cinema de Espanha esta sexta-feira 26 de Abril, no que será um dia histórico para a cidade.

Será nas salas Multicinemas Vitória de Almendralejo onde se possa ver a projeção completa do filme pela primeira vez, um largometragem que já se apresentou em Estados Unidos e que não descarta entrar na corrida/curso por um Oscar.

Hoy, 22 de Abril, também é um dia importante para o projeto, já que se tem organizada um antestreia oficial do filme nos Multicinemas Vitória de Mérida, a partir das 21.00 horas. A entrada é por convite e se esperam muitas personalidades da região para presenciar a cita/marcação/encontro.

Faz um par de semanas, grande parte da equipa que tem elaborado o filme nas instalações da Fábrica da Inovação de Almendralejo viajou até à capital de Terra de Lamas para ver uma projeção inicial. Foi um passe privado para umas 30 pessoas, algumas vindas de lugares tão distantes como {Estocolmo} (Suécia). Para todos foi um momento único por ver a finalização de um produto de mais de três anos de trabalho.

Reconhecimentos/ Desde que começou a participar em festivais, a crítica tem tido a bem de reconhecer esta história que narra como um jovem Luis Buñuel, que acaba de estrear sua primeira filme ‘A idade de ouro’, vai a Las Hurdes, uma das regiões mais pobres e esquecidas de Espanha, para gravar um documentário depois de/após que a seu amigo Ramón Acín lhe tocasse a Lotaria de Natal. Trata-se de uma história de amizade que conta um episódio do cinema espanhol no qual Luis se converte em Buñuel.

O filme esteve na Secção Oficial do Festival de Málaga onde se levou o prémio Feroz à melhor filme, Prémio {Asecan}, à melhor estreia por parte dos críticos andaluzes e a {Biznata} de Prata à melhor Grupo/ponta Sonora Oficial.

Este largometragem de animação também tem espantado em Estados Unidos, onde conseguiu vender-se o filme, um caminho que lhe levou a um prémio em Los Ángeles.

Recentemente, a equipa acaba de conhecer que o filme foi selecionada na Secção Oficial de {Annecy}, o festival de animação mais importante do mundo que tem lugar em França e onde somente há oito filmes em concurso. Além disso, também se levou o prémio {Cartoon} Tribute, ao melhor diretor europeu de animação que é Salvador {Simó}.

O filme, para além de {romber} uma barreira da Extremadura com o sector cinematográfico, tem sentado as bases de um futuro estudo de animação em Almendralejo. Um estudo que tem formado a jovens extremenhos em técnicas de animação para criar um sector de oportunidades desde a região com projetos a níveis internacionais.

As notícias mais...