Menú

El Periódico Extremadura | Segunda-Feira, 19 de agosto de 2019

A feira mantém suas tradições e procura a animação no centro

Uma charanga para {ambientar} as ruas e a feira do comércio tratam de dar vida ao centro urbano. O aceso oficial no recinto será esta terça-feira e terá mais tendas que noutros anos

RODRIGO CABEZAS epalmendralejo@gmail.com ALMENDRALEJO
12/08/2019

 

Amanhã começam oficialmente as festas da Piedade e Feria da Vindima que vivem sua edição número 201 em Almendralejo e que se prolongarão até ao próximo domingo com multidão de atividades pela cidade. A cita/marcação/encontro deste 2019 mantém suas tradições de sempre, embora tratará de dar-lhe maior vivacidade à feira de dia e, especialmente, às ruas do centro durante várias jornadas.

Precisamente, com essa ideia de dar-lhe um maior dinamismo à cidade em festas, hoje celebra-se a segunda jornada da feira do comércio organizada pela Associação de Comerciantes do Centro ({Asemce}). Durante todo o dia, as lojas tirarão seus produtos ao exterior e pelas principais vias centralizadoras (Francisco Pizarro e Real) uma charanga local chamada {Tropicán} animando com música ao vivo. Também, entre as onze da manhã e a uma da tarde, terá oficinas de lazer infantil em várias zonas, entre elas o parque de {Espronceda}. Os coordenam monitores da universidade popular.

A festa no da feira arrancará amanhã com o tradicional aceso a cargo do presidente da Câmara Municipal José María Ramírez. Será às onze da noite com o processo do grupo municipal de música, um {flashmob} interpretado pelo grupo folclórico Terra de Lamas e a escola de flamenco de Carmen a {Parreña}, bem como a queima de fogos artificiais. À noite também se inaugurará a tenda de Amigos do Cavalo com danças e música ao vivo.

Precisamente, nesta tenda celebram-se muitas atividades tradicionais da feira. Na sexta-feira 16 terá corrida/curso de fitas, pica-{globlos} e panelas cheia de doces para meninos, desde de manhã, enquanto no sábado 17 terão lugar os concursos de habilidades com trator e reboque, bem como o de melões, melancias e cachos de uva, desde as 12.00. Terá paelha para comer e, à noite, uma atuação de flamenco a cargo do grupo Acorde.

Na quarta-feira 14 será um dia especial para as festas. Às 21.30 horas se procederá à subida da Virgem da Piedade e, em torno das onze, começará o ato central que estará apresentado pelo jornalista {almendralejense} Juan Manuel Fernández, e coordenado pela direção de Pedro Cruz. O mesmo se poderá seguir/continuar ao vivo via {streaming} na site da Câmara Municipal.

A noite do ato central terá atuações no {atrio} da Piedade do grupo municipal, a escola de dança de {Abasal}, a escola de {ballet} de Pedro Cruz e o grupo folclórico Terra de Lamas.

José María Fernández de Vega dará o pregão oficial, enquanto Antonio Díaz, Alonso González e Antonio Franganillo receberão vários homenagens. A reina ficará proclamada essa noite perante um público que disporá de mais de 2.000 cadeiras.

Feriado nacional/ O dia da Piedade começará às oito da manhã com a tradicional missa. Ao meio-dia terá um {pasacalles} e oferenda floral à patrona com saída desde o recinto da feira. A essa hora também começará o beija-mão à Virgem.

No recinto, desde a uma da tarde, se inaugurará a fonte do vinho com degustação de {caldereta} e gaspacho gratuito para todos os vizinhos/moradores que se queiram aproximar à tenda municipal.

A vereadora de Festejos, {Tamara} Rodríguez, destacou, na apresentação da programação, que terá muita música ao vivo durante todos os dias na feira. Na tenda municipal tocará uma orquestra, enquanto as de juventude contarão todas com dj. Neste ano terá mais de discotecas com horário noturno.

A noite de 14 de Agosto também terá uma jornada de feira sem ruídos pela inclusão. Durante duas horas, entre as nove e as onze dessa noite, não terá ruídos nem na zona das tendas nem na das atrações de feira para aqueles que não possam suportar-los e queiram usufruir da feira quase em silêncio. Esta é uma atividade que nunca se tinha facto/feito nas festas da Piedade e que já se facto/feito com êxito em localidades extremenhas como Cáceres, Badajoz ou Plasencia.

Os vizinhos/moradores de Almendralejo já podem consultar todas as atividades na revesta oficial das festas que se tem repartido na posto de turismo com mais de 5.000 exemplares na rua. Cada um custava 0,50 euros, e o dinheiro arrecadado é para Cáritas.

As festas se encerrarão oficialmente no domingo 18 com um espetáculo {piromusical} no da feira desde as doze da noite.

Em definitiva, a deste ano será uma feira parecida às anteriores, com cinco dias intensos e com o objetivo de que os {almendralejenses} e os que venham doutras localidades sigam/continuem usufruindo desta semana.

As notícias mais...