Menú

El Periódico Extremadura | Domingo, 29 de março de 2020

Esther Fernández Romero dá o pregão dos costaleros amanhã em São Antonio

Costalera desde há 15 da Boa Morte, o enfrenta com ilusão/motivação

RODRIGO MORÁN ALMENDRALEJO
06/03/2020

 

A {almendralejense} Esther Fernández Romero, de 43 anos e portadora do Cristo de la Buena Muerte durante o Quinta-feira Santa, oferecerá este sábado, a partir das 20.30 horas, na igreja conventual de São Antonio, o tradicional pregão dos costaleros num ato organizado pelo conselho de irmandades.

Esther assegura está muito iludida com sua designação. Leva mais de 15 anos exercendo de {costalera} na Irmandade da Buena Muerte. Seu interesse/juro pelo mundo confrade surgiu a causa de seu interesse/juro pela Páscoa, uma paixão que partilha com o seu marido, Juan Manuel Fuentes López, com o que decidiu ingressar na irmandade faz 17 anos.

«Desde/a partir de pequena me tem gostado a Páscoa. {Vengo} de família cristã e me gostou muito a simplicidade da procissão na qual saímos. Além disso, o passo que levamos é misto, de homens e mulheres, e isso é algo que me atrai muito».

Ao início, a vida de {costalera} não foi fácil para Esther, que saiu pela primeira vez quando seu filho tinha um ano. «Minha mãe e minha sogra me ajudaram muito, já que meu marido também estava dentro e não era fácil conciliar os ensaios com o dia-a-dia».

Este sábado subirá ao altar de São Antonio para dar um pregão «no qual {contaré} o que sinto cada Quinta-feira Santa, algumas curiosidades que nos passaram estes anos e muitos agradecimentos que tenho por fazer».

As notícias mais...