Menú

El Periódico Extremadura | Sábado, 23 de septembro de 2017

Os doadores arrecadam 949 sacos de sangue, o segundo melhor registo

Somente as 985 conseguidas em Agosto de há dois anos supera este dado

R. CABEZAS ALMENDRALEJO
05/09/2017

 

Os doadores de Almendralejo voltaram a dar uma lição de solidariedade durante a campanha de doações de sangue celebrado no centro de saúde de São Roque. A irmandade local arrecadado 949 sacos, o que supõe a segunda melhor marca de toda a história desde que se contabilizam os dados, só/sozinho superada pelas 985 sacos que se conseguiram em Agosto de 2015.

Antonio Mulas, coordenador local da irmandade de doadoras, expressou sua satisfação pelos resultados obtidos: «Nos voltámos a ficar muito perto do sono/sonho das 1.000 saco/sacola/bolsa, mas eu sempre digo que o importante não é a cifra, mas a capacidade que temos para sensibilizar à população». Também destacou a grande presença de jovens que se têm {acercado} a doar sangue a São Roque. «Isto é fundamental porque fazemos pedreira/formação e nos {aseguramos} o futuro dos doadoras em Almendralejo».

Durante esta campanha houve mais de um centena de rejeições, especialmente de pessoas que tinha ido previamente de férias a outros países e que, por regulamentos de segurança, não podiam doar sangue.

Antonio Mulas também salientou o afã colaboracionismo da nova equipa/do novo equipamento de trabalho que se tem conformado em torno da irmandade de doadoras local. Considera que este é um fator chave para que a cidade continue a ser a referência das doações de sangue na região.

As notícias mais...