Menú

El Periódico Extremadura | Sexta-Feira, 24 de novembro de 2017

Conetados no treino

Francisco Díaz tem concebido uma {app} telemóvel que permite saber quem, onde e como estão a fazer exercício físico as pessoas de um rádio razoável para poder/conseguir unir-se a seus treino ou, diretamente, poder/conseguir estabelecer rotas conjuntas antes de sair

RODRIGO CABEZAS prov-badajoz@extremadura.elperiodico.com ALMENDRALEJO
27/08/2017

 

Francisco Díaz Barrancas, regulado em Engenharia Informática e natural de Puebla de la Calzada, tem dois paixões: a informática, sua profissão; e o ciclismo, sua devoção. A seus 22 anos, sua mente corajosa esteve dando voltas a um projeto que {combinara} ambas facetas. Quase o está conseguindo. Por enquanto, foi o vencedor do II programa de empreendimento {Yuzz} que patrocina o grupo Santander e que lhe permitirá viajar a Silicon Valley o próximo mês de Outubro.

Sua inovadora criação consiste numa aplicação telemóvel que serve a desportistas para poder/conseguir conetar seus treinos em tempo real, dentro de um rádio razoável. Qualquer coisa como edificar um mapa virtual que identifica quem, por onde e que tipo de treinos estão realizando aqueles desportistas que estão conetados a ‘{Extrain}’, seu {app}. Em princípio está dirigida a atletas e ciclistas. «Serve para pôr em contacto a pessoas que queiram sair a correr ou em bicicleta. Se podem criar rotas conjuntas ou visualizar diretamente o treino ativo e ver que está a fazer cada um e como unir-se a ele».

Outra vertente da {app} é a possibilidade de pôr em contacto a treinadores e desportistas. Muitos dos que praticam exercício não sabem analisar seus dados de recuperação. A {app} permite que os treinadores possam registar-se e que os desportistas, dentro de seu rádio de atuação, possam contratar os serviços destes técnicos.

A {app} se tem desenvolvido num 70%, mas cedo será subida ao mercado de descarga. Terá uma versão gratuita e outra com detalhes mais inovadores ao preço de 0,99 euros. De facto, Francisco Díaz quer pôr a ginja ao projeto com a instalação duma série de sensores na bicicleta, possivelmente na parte traseira do selim, para que ofereça uma chamada de emergência por outro lado de acidente. Para celebrar sua primeira vitória no {Yuzz}, Francisco se foi embora em solitário desde seu povo/vila ao Mosteiro de Santo {Toribio} de {Liébana}, em Cantabria. Uma rota de 700 quilómetros a pedais que cedo gostaria de realizar com sua nova {app}.

As notícias mais...